Share Button

Salmos: Lição 26

Salmos 145 - 150

Aleluia! Que Jeová seja louvado! O livro de Salmos é um livro de louvor, e os últimos Salmos são especialmente ricos em adoração a Deus. Ele merece a adoração dos anjos e dos homens por ser o Criador, Sustentador, Protetor e Juiz de todos. “Todo ser que respira louve ao Senhor. Aleluia!”

Salmo 145 Deus Merece Louvor por Sua Grandeza, Benevolência e Justiça

    1-2 Davi promete louvar a Deus constantemente e para sempre

    3-20 Deus merece este louvor por causa do seu caráter e de suas obras. O Senhor:
            É grande (3)
            É benigno e misericordioso (8,17)
            É bom para todos (9)
            É fiel em suas palavras (13)
            É santo em suas obras (13)
            Sustém os fracos (14)
            Alimenta os necessitados na sua benevolência (15-16)
            É justo (17)
            Está perto de seus servos (18)
            Atende as orações dos fiéis (19)
            Protege os que o amam (20)
            Extermina os ímpios (20)

    21 Todos devem louvar ao Senhor para sempre
Salmo 146 Louvado seja Deus, o Criador e Rei Eterno
    1-2 A palavra “aleluia” é um termo especial de louvor, que inclui uma forma do nome de Deus. Sempre deve ser pronunciada com reverência para com o Senhor. O Salmista promete louvar a Deus durante toda a sua vida

    3-4 Não devemos confiar em homens, nem nos mais poderosos, porque não são capazes de salvar, e seu poder é limitado ao pouco tempo que vivem

    5-7 Bem-aventurado aquele que confia no Senhor. Ele é o criador, o fiel sustentador, e o justo protetor dos oprimidos

    7-10 O Salmo encerra-se com uma série de declarações sobre as obras de Deus em relação ao seu povo. O Senhor:
            Liberta os encarcerados (7)
            Abre os olhos dos cegos (8)
            Levanta os abatidos (8)
            Ama os justos (8)
            Guarda os peregrinos (9)
            Ampara o órfão e a viúva (9)
            Transtorna o caminho dos perversos (9)
            Reina para sempre (10)
Salmo 147 Louvor para o Grande e Poderoso Deus de Israel

    Este Salmo, ao que parece do versículo 2, pertence ao período pós-exílico, quando Deus restaurou o povo a sua terra e edificou Jerusalém

    1 Deus merece cânticos de louvor, porque ele é bom e amável

    2-6 Ele deve ser louvado por suas grandes obras e por sua própria grandeza. O seu poder e seu entendimento são imensuráveis

    7-11 O Deus poderoso que sustém a vida não pode ser impressionado com a força militar do homem. Ele procura pessoas fiéis que confiam nele

    12-20 O povo de Israel tem motivos especiais para louvar a Deus, pois receberam bênçãos que não foram dadas a outras nações. Observe nestes versículos como Deus usa a sua palavra como instrumento ativo de poder: Ele “envia” ordens (15), “manda” a palavra (18) e “mostra” a palavra e as leis (19). Quem ignora os preceitos de Deus não recebe as suas bênçãos especiais (20)

Salmo 148 Deus Seja Louvado no Céu e na Terra
    Como vários outros, este Salmo começa e termina com a simples e reverente exclamação: “Aleluia!” (veja Salmos 106,113,135,146,149,150). Ele consiste em duas estrofes (1-6,7-14). Cada estrofe termina com dois versículos com a mesma estrutura (5-6,13-14): “Louvem o nome do Senhor, pois (porque)....”

    1-6 Louvai ao Senhor nos céus. Nesta primeira estrofe, tudo que há nos céus é convocado para adorar a Deus. Começa com os seres inteligentes (anjos) e vai até a criação material (sol, lua, água, etc.)

    7-14 Louvai ao Senhor na terra. Começa com a criação material (águas, animais, montes) e vai até os seres inteligentes (reis, povos, etc.)
Salmo 149 Um Novo Cântico de Louvor dos Servos Obedientes
    1 Um novo cântico: Seis vezes no livro de Salmos, ele fala de louvar a Deus com um cântico novo (33:3; 40:3; 96:1; 98:1; 144:9; 149:1). O homem nunca esgotará os motivos para adorar a Deus; sempre descobrirá novas razões para lhe dar honra e glória

    2-4 O Criador e Rei merece o louvor do seu povo, pois ele o salvou

    5-9 Os servos fiéis se dispõem como instrumentos da justiça do Senhor
Salmo 150 Todo Ser que Respira Louve ao Senhor!
    Já observamos que cada um dos cinco livros nos Salmos termina com uma bênção ou doxologia (Veja as doxologias dos primeiros quatro livros – 41:13; 72:18-20; 89:52; 106:48). O Salmo 150 serve como a bênção de encerramento do quinto livro, e da coleção inteira. Conforme as práticas de louvor no templo em Jerusalém, este Salmo pede o uso de diversos instrumentos na adoração a Deus. Observe estes aspectos do louvor citado:

    1 Onde? No santuário e no firmamento

    2 Por quê? Por suas obras e por sua grandeza

    3-5 Como? Com todo tipo de instrumento musical

    6 Quem? “Todo ser que respira louve ao Senhor. Aleluia!”

Perguntas

Responda às seguintes perguntas sobre Salmos 145 - 150.

Salmo 145
1. Quais são alguns dos motivos principais, citados neste Salmo, para adorar a Deus?

Salmo 146
2. Qual o significado da palavra “Aleluia”? Como devemos usá-la?
3. Qual o principal diferença entre os príncipes humanos e o Rei divino?

Salmo 147
4. Este Salmo pertence a qual período histórico?
5. Qual é o instrumento de poder que Deus manda para agir?

Salmo 148
6. Deus deve ser louvado onde e por quem?
7. Explique como a estrutura deste Salmo vai de cima para baixo e de baixo para cima.

Salmo 149
8. Quais dois papéis de Deus são destacados no versículo 2?
9. Damos glória a Deus somente com os lábios? Explique.

Salmo 150
10. Quem deve louvar a Deus?


ESTUDOS BÍBLICOS       PESQUISAR NO SITE       MENSAGENS EM ÁUDIO      MENSAGENS EM VÍDEO     

ESTUDOS TEXTUAIS      ANDANDO NA VERDADE     O QUE ESTÁ ESCRITO?      O QUE A BIBLIA DIZ?

 

O Que Esta Escrito?
 
©1994, ©1995, ©1996, ©1997, ©1998, ©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008, ©2009
 Redator: Dennis Allan, C.P. 60804, São Paulo, SP, 05786-970.

Andando na Verdade
©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008
Redator: Dennis Allan, C.P. 60804, São Paulo, SP, 05786-970

Todos os artigos no site usados com permissão dos seus autores e editoras, que retêm direitos autorais sobre seu próprio trabalho. / 
All of the articles on this site are used with permission of their authors and publishers, who retain rights of use and copyright control over their own work.

Estudos Bíblicos
estudosdabiblia.net
©1995-2015 Karl Hennecke, USA