Share Button

Lição 1

O Evangelho: A Salvação da Ira
(Romanos 1:1-32)


Introdução ao livro (1:1-7)

            Descrição de Paulo (1:1)

                  Sua posição: Servo de Jesus Cristo. Uma vez que Cristo comprou-o, ele pertencia ao Senhor

                  Seu cargo: Chamado para ser apóstolo

                        “Apóstolo” significa mensageiro enviado

                        “Chamado” implica que ele não era indicado por si mesmo

      Ele tem o direito de falar por Cristo

                  Seu propósito: Separado para o evangelho de Deus

                        Paulo tinha uma missão especial de dar testemunho da ressurreição de Cristo

                        Portanto, Jesus havia aparecido a ele (Atos 9:15; 22:14-15; 26:16-18; 1 Coríntios 9:1-2; 15:8-10) 

            Descrição do evangelho (1:2-4)

                  Prometido outrora

                        Coisas que são prometidas e, portanto, ansiosamente esperadas são mais valiosas

                        O evangelho não era inovação; Paulo não o inventou

                  Com respeito ao Filho de Deus

                        Segundo a carne: veio da descendência de Davi

                        Segundo o espírito: designado Filho de Deus com poder

                              Agora, não somente Filho de Deus, mas Filho de Deus com poder (veja 2 Coríntios 13:4)

                              Pela ressurreição dos mortos, que foi a vitória decisiva, que deu a Jesus toda autoridade e poder

      Jesus Cristo, nosso Senhor

                              Nome: Jesus, significa Salvador

                              Posição: Cristo, significa o ungido, o Messias

                              Classe: Senhor, significa mestre, regente 

            Descrição da tarefa específica de Paulo (1:5-6)

                  Qualificações: Recebeu a graça do apostolado (veja Romanos 15:15-16; 1 Coríntios 3:10; 15:10; Gálatas 1:15;             2:9; Efésios 3:7-8)

                  Meta: Efetuar a obediência por fé

                        Bem importante: o livro liga obediência e fé

                        Veja 1:8 com 16:19; 10:16; 11:23 com 11:30-31; 16:26

                  Extensão: Entre todos os gentios; eles estavam dentro da comissão de Paulo uma vez que eram uma igreja            principalmente gentia

                  Propósito: Por amor do seu nome

                        Alguns buscam glorificar a si mesmos em sua pregação

                        Outros pensam mais no bem dos seus ouvintes

                        Mas acima de tudo, devemos procurar a glória de Deus

            Descrição dos leitores (1:7a)

      Em Roma

                  Amados de Deus

                  Chamados para serem santos

            Saudações (1:7b)

                  Graça e paz da parte de Deus, e de Jesus

                  Estes sete versículos formam a saudação mais longa que em qualquer outra das cartas de Paulo

Perguntas:

1. Paulo se descreveu usando três frases no primeiro versículo. Quais?

          2. Quais são os dois aspectos da natureza de Cristo?

          3. Por que Paulo tinha sido feito um apóstolo?

          4. Como os cristãos romanos foram descritos? 


    O desejo de Paulo de visitar os romanos (1:8-15)

            Agradecimento e oração contínuos (1:8-9)

                  O agradecimento de Paulo

                        A quem? Meu Deus—mostra a relação pessoal de Paulo com o Senhor

                        Como? Mediante Jesus Cristo—a aproximação de Deus foi possibilitada através de seu sacrifício

                        Para quem? No tocante a todos vós—Paulo constantemente orava por aqueles que ele nunca tinha conhecido

                        Por quê? A fé deles foi proclamada em todo o mundo

                  As orações de Paulo

                        Ele apelava ao testemunho de Deus uma vez que somente ele sabia das orações de Paulo

                        Ele deixava a entender que era importante que eles soubessem que ele estava sempre orando por eles

            Desejo intenso de ver os romanos (1:10-12)

                  Orava pela oportunidade

                        Dá para ver a importância da oração na vida de Paulo

                        Pela vontade de Deus

                              Ele sabia que Deus estava no comando

                              Ele não tentava impor sua vontade a Deus

                              O escravo deveria simplesmente submeter-se à vontade do Mestre

                  Propósito da desejada visita

                        Dar-lhes ajuda espiritual

                              Não queria ir com propósitos egoístas, para receber algo deles

                              Ele queria ajudá-los; dar-lhes uma bênção espiritual para ajudá-los a se enraigarem melhor em Cristo

                        Ajudar mutuamente uns aos outros

                              Quase uma correção do versículo 11

                              Paulo não queria deixar a impressão de que ele pensava que poderia ajud­ar a eles, mas que eles nada tinham para oferecer-lhe em troca

                              Tendemos a ficar ressentidos com alguém que pense que nos fará um grande bem

                              Apesar de sua posição como apóstolo, Paulo percebia que eles poderiam beneficiá-lo

            Planos anteriores para visitá-los (1:13)

                  Paulo queria que eles ficassem sabendo destes planos

                  Muitas vezes, ele tinha feito planos definidos para ir

                  Evidentemente, a obra do Senhor tinha-o levado a outros lugares (veja 15:18-24)

                  A igreja romana era principalmente gentia

                  Algumas vezes os planos até mesmo de cristãos fortes não são realizados

            Razão para sua ansiedade em ir (1:14-15)

                  Ele era devedor a todos

                  Portanto ele queria ensinar o máximo número possível de pessoas em Roma 

Perguntas:

1. Por que Paulo deu graças a Deus?

          2. Por quais motivos Paulo queria visitar os romanos?

          3. Por que Paulo não tinha ido a Roma já?           


      O evangelho, o poder de Deus para salvar (1:16-17)

            Por que Paulo estava pronto para pregar? Ele não se envergonhava do evangelho

            Por que Paulo não se envergonhava do evangelho? Porque é o poder de Deus para a salvação

                  Teria sido tentador envergonhar-se do evangelho porque era loucura para os sábios do mundo

                  Mas o evangelho tinha maior poder do que o império romano, que não podia salvar nenhuma alma. Deus cumpriu pelo evangelho o que o mundo com todo o seu poder e sabedoria não podia fazer

                  Para todo aquele que crê, judeus e gentios

            Por que o evangelho é o poder de Deus para a salvação? Porque nele a justiça de Deus se revela

                  A justiça: o estado legal de um homem declarado livre de culpa; declaração de inocência

                  De Deus: este estado resulta da ação justificadora de Deus (veja 3:21-22; 10:3; Filipenses 3:9)

                  Revelada: esta justiça foi manifestada ao homem no evangelho

                  De fé: baseada na fé

                  Em fé: de modo a produzir fé

                  O homem que é justo por fé viverá: Desde que Habacuque 2:4 enunciou o mesmo princípio, esta doutrina não é novidade

            Estes dois versículos são a tese do livro de Romanos 

Perguntas:

1. Por que Paulo não tinha vergonha do evangelho?

          2. Quem é salvo pelo evangelho?

          3.O que é revelado no evangelho?

          4. Desafio adicional: O que significa a frase "a justiça de Deus"(considere Romanos 3:21-22; 10:3 e Filipenses 3:9?


      A ira de Deus se revela contra os rebeldes (1:18-32)

            A ira de Deus é revelada contra toda impiedade (1:18)

                  Esta parte (1:18-3:20) mostra a necessidade desesperada que a humanidade tem do evangelho. Este é sempre o primeiro passo na pregação; precisamos ver nossa necessidade de justificação

                  Toda impiedade: Não há exceções. Nenhum pecado é esquecido

                  Do céu: Ressalta a fonte. Esta ira vem de Deus

                  Eles detêm, suprimem, abafam a verdade

            Os ímpios não têm nenhuma desculpa (1:19-20)

                  Deus revelou-se através das coisas que foram criadas. Os homens podem saber sobre o poder e a divindade de Deus

                  A revelação de Deus na criação deveria levar os homens a buscá-lo

                  Para qualquer homem, o fracasso em servir a Deus é indesculpável

            O conhecimento de Deus foi rejeitado (1:21-23)

                  Eles conheciam Deus

                  Mas não o glorificaram, nem lhe deram graças

                  Tornaram-se fúteis, loucos

                        Rejeitando a Deus, eles se tornaram menos racionais

                        O contraste entre a pretensão humana e o fato verdadeiro

                  Trocaram Deus pelos ídolos

                        As religiões do mundo são um resultado do homem afastar-se do verdadeiro Deus

                        Trocaram a coisa verdadeira pela falsa

            O castigo (1:24-32)

                  Recusaram-se honrar a Deus; por isso, Deus fez com que seus corpos fossem desonrados (1:24)

                        O castigo sempre se ajusta ao crime

                        Deus entregou-os para que colhessem o que tinham plantado

                  Trocaram a verdade de Deus por uma mentira; por isso, Deus fez com que eles trocassem o uso natural de seus corpos por práticas contrárias à natureza (1:25-27)

                        É preciso distinguir entre a criatura e o Criador

                        O homossexualismo é errado

                        A perversão sexual é o castigo por terem abandonado Deus

                  Rejeitaram a Deus; por isso, Deus os entregou a uma mente rejeitada (1:28-32)

                        Lista horrível de pecados

                        Eles conheceram a sentença de Deus

                  Eles não somente praticaram estes pecados, como também encorajaram outros a praticarem

Perguntas:

1.Contra quem a ira de Deus é revelada?

          2. O que os ímpios poderiam ter conhecido referente ao Senhor? Como?

          3. Quais são os passos tomados pelos ímpios no seu abandono do Senhor (1:21-23)?

          4. Quais ligações podem ser vistas entre os pecados e os castigos (1:21-28)?

          5. Qual é a devida punição destes pecados (1:32)?

          6. Qual pecado eles cometeram além de simplesmente fazer os atos ímpios?

          7. Desafio adicional: Qual é a ligação entre 1:17 e 1:18 (note as palavras repetidas nos dois versículos)?


ESTUDOS BÍBLICOS       PESQUISAR NO SITE       MENSAGENS EM ÁUDIO      MENSAGENS EM VÍDEO     

ESTUDOS TEXTUAIS      ANDANDO NA VERDADE     O QUE ESTÁ ESCRITO?      O QUE A BIBLIA DIZ?

 

O Que Esta Escrito?
 
©1994, ©1995, ©1996, ©1997, ©1998, ©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008, ©2009
 Redator: Dennis Allan, C.P. 60804, São Paulo, SP, 05786-970.

Andando na Verdade
©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008
Redator: Dennis Allan, C.P. 60804, São Paulo, SP, 05786-970

Todos os artigos no site usados com permissão dos seus autores e editoras, que retêm direitos autorais sobre seu próprio trabalho. / 
All of the articles on this site are used with permission of their authors and publishers, who retain rights of use and copyright control over their own work.

Estudos Bíblicos
estudosdabiblia.net
©1995-2015 Karl Hennecke, USA