Lição 22
A Prisão de Paulo em Jerusalém

(Atos 21:17 - 22:29)


Paulo Tenta Manter Paz com os Judeus em Jerusalém (21:17-26)

- Os cristãos em Jerusalém aceitaram Paulo, e ele falou com Tiago e os presbíteros sobre o trabalho entre os gentios (21:17-19)

- Os irmãos de Jerusalém falaram com Paulo a respeito de algumas pessoas que tinham recebido informações de outras que ele estava tentando destruir os costumes da lei de Moisés, e sugeriram que ele fosse purificado no templo com alguns outros homens, para mostrar que ele não era oposto às práticas judaicas (21:20-24)

- Os irmãos de Jerusalém mostraram ter entendido que os gentios não eram obrigados a cumprir os costumes judaicos (21:25)

- Paulo aceitou o conselho, e entrou no templo com os outros homens para ser purificado (21:26; veja 1 Coríntios 9:20)

Perguntas: 

1. Descreva como os cristãos de Jerusalém aceitaram Paulo.

2. Qual sugestão foi feita pelos irmãos em Jerusalém. Por que fizeram esta sugestão? Qual foi a reação de Paulo?

3. Desafio adicional: Como cristão, Paulo estava sujeito à lei de Moisés, ou não? Considere 1 Coríntios 9:20 para explicar as ações de Paulo em Jerusalém.


Paulo é Preso em Jerusalém (21:27-40)

- Os judeus da Ásia, pensando que Paulo tinha levado um gentio ao templo, agitaram a multidão e tentaram matá-lo (21:27-31)

- O comandante que tinha a responsabilidade de manter a paz em Jerusalém, ficou sabendo do tumulto e tirou Paulo do meio da multidão (21:31-36)

- Paulo pediu ao comandante permissão para falar com a multidão (21:37-40)

Perguntas: 

1. Qual foi a acusação feita pelos judeus da Ásia contra Paulo?

2. Quem impediu que a multidão matasse Paulo?


Paulo Faz sua Defesa contra as Acusações dos Judeus (22:1-21)

- Quando Paulo começou a falar na língua hebraica, o povo prestou atenção à sua defesa (22:1-2)

- Ele explicou sua própria história, falando da instrução que ele recebeu de Gamaliel, e de como ele tinha perseguido os cristãos (22:3-5)

- Ele falou da visão que teve de Jesus no caminho para Damasco, dizendo que Jesus o mandou a Damasco para saber o que deveria fazer (22:6-11)

- Paulo continuou contando a história da sua conversão, dizendo que Ananias chegou e falou com ele sobre Jesus e a necessidade do batismo para receber perdão dos pecados (22:12-16)

- Jesus tinha falado com Paulo em Jerusalém, enviando-o para os gentios por causa da atitude dos judeus contra o evangelho (22:17-21)

Perguntas: 

1. Quando Paulo começou a falar, o que chamou a atenção dos judeus?

2. Faça um resumo da defesa de Paulo, especialmente observando o que ele disse sobre:

a. Sua própria criação como judeu

b. Sua perseguição aos cristãos

c. Seu encontro com Jesus no caminho para Damasco

d. A mensagem de Ananias quando falou com Paulo em Dasmasco

e. O motivo por que ele não ficou em Jerusalém mas foi para ensinar os gentios.


Paulo Usa seus Direitos de Cidadão Romano (22:22-29)

- Quando Paulo falou da pregação do evangelho aos gentios, a multidão começou a gritar de novo para pedir a morte deste apóstolo (22:22-23)

- O comandante ordenou que Paulo fosse açoitado para saber o crime dele (22:24)

- Paulo se livrou de ser açoitado usando seus direitos de cidadão romano (22:25-29)

Perguntas: 

1. Por que a multidão começou de novo a pedir que Paulo fosse executado?

2. Como Paulo livrou-se de ser açoitado?


 

ESTUDOS BÍBLICOS     PESQUISAR NO SITE     MENSAGENS EM ÁUDIO    
MENSAGENS EM VÍDEO   
ESTUDOS TEXTUAIS    ANDANDO NA VERDADE  
O QUE ESTÁ ESCRITO?
  
O QUE A BIBLIA DIZ?

O Que Esta Escrito?
 
©1994, ©1995, ©1996, ©1997, ©1998, ©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008, ©2009
 Redator: Dennis Allan, C.P. 60804, São Paulo, SP, 05786-970.

Andando na Verdade
©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008
Redator: Dennis Allan, C.P. 60804, São Paulo, SP, 05786-970

Estudos Bíblicos
estudosdabiblia.net
©2014 Karl Hennecke, USA