Share Button

Lição 14
A Primeira Viagem Missionária (1)

(Atos 12:25 - 13:52)


Barnabé e Saulo são Escolhidos para Ir e Pregar (12:25-13:3)

- Barnabé e Saulo voltaram de Jerusalém para Antioquia, levando consigo João Marcos (12:25)

- Cinco homens trabalharam juntos no ensinamento do evangelho na igreja de Antioquia (13:1)2 

[2 Manaém foi criado com Herodes Antipas (o tetrarca da Galiléia e Peréia de 4 a.C. a 39 d.C.), o mesmo que matou João Batista e julgou Jesus.]

- O Espírito Santo disse para que eles enviassem Barnabé e Saulo para trabalhar em outros lugares (13:2)

- Estes discípulos jejuaram, oraram, impuseram as mãos sobre estes dois, e os despediram (13:3)

Perguntas: 

1. Quando Barnabé e Saulo voltaram de Jerusalém para Antioquia, quem foi com eles?

2. A igreja em Antioquia tinha quantos pregadores naquela época?

3. Por que Barnabé e Saulo não ficaram mais tempo em Antioquia?


Barnabé e Saulo Vão para Chipre (13:4-12)

- Barnabé, Saulo e João Marcos foram de Antioquia a Selêucia e navegaram para a ilha de Chipre, onde entraram na cidade de Salamina e começaram a pregar nas sinagogas judaicas (13:4-5)

- Eles atravessaram a ilha e chegaram à cidade de Pafos (13:6)

- Em Pafos, o procônsul3 Sérgio Paulo se interessou pela palavra, mas o mágico Barjesus impediu o trabalho de Barnabé e Saulo (13:6-8)

[3 Procônsul = magistrado que governava uma província.]

- Saulo mostrou a superioridade do poder divino e fez com que Barjesus ficasse cego por algum tempo. O resultado deste milagre foi que Sérgio Paulo creu na doutrina de Cristo (13:9-12)

Perguntas: 

1. Descreva o caminho de Barnabé e Saulo quando saíram de Antioquia.

2. Qual homem deu ouvidos a eles em Pafos?

3. Quem se opunha a doutrina de Barnabé e Saulo? O que Saulo fez que convenceu o procônsul que a palavra de Cristo era verdadeira?


Paulo e Barnabé Continuam a Viagem até Antioquia da Pisídia (13:13-14)

- É interessante observar duas mudanças no relato aqui (13:13):

- O escritor passou a usar o nome Paulo (que foi mencionado em 13:9) em vez de Saulo

- Daqui para frente, o nome de Paulo é geralmente colocado antes dos seus companheiros

- Eles saíram de Chipre e navegaram para Perge da Panfília (13:13)

- João Marcos voltou para Jerusalém (13:13)4

[4 O texto não fala aqui por que Marcos voltou, mas é claro, por causa da reação de Paulo em Atos 15:36-38, que ele os abandonou por algum motivo que Paulo não aceitou.]

- Paulo e Barnabé continuaram até Antioquia da Pisídia (13:14)

Perguntas:

1. Olhe num mapa para ver os lugares mencionados nesta parte da viagem: Pafos (de Chipre), Perge (da Panfília) e Antioquia (da Pisídia).

2. Quem voltou para Jerusalém?

3. Depois disso, Paulo e Barnabé foram para onde?


Paulo Prega numa Sinagoga em Antioquia da Pisídia (13:14-43)

- Paulo e Barnabé entraram numa sinagoga num sábado, e os chefes da sinagoga lhes permitiram que falassem (13:14-15)

- Paulo pregou, começando com a história do povo judaico no Velho Testamento, chegando ao assunto da salvação através de Cristo (13:16-41)

- Paulo traçou a história do Velho Testamento do êxodo até o reinado de Davi (13:17-23)

    - Deus tirou o povo escolhido do Egito (13:17)

    - Ele tolerou a desobediência dos israelitas no deserto (13:18)

    - Ele deu-lhes a terra prometida (13:19)

    - Deus deu-lhes juízes, até Samuel (13:20)

    - Depois, ele concedeu-lhes Saul como o primeiro rei de Israel (13:21)

    - O segundo rei, Davi, foi um homem segundo o coração de Deus (13:22)

    - O Salvador, Jesus, é descendente de Davi (13:23)

- Ele continuou a contar a história de Jesus, começando com a pregação feita por João Batista (13:24-37)

    - João pregou o batismo de arrependimento e preparou o caminho de Jesus (13:24-25)

    - A mensagem da salvação foi enviada aos descendentes de Abraão (13:26)

    - Os líderes dos judeus rejeitaram a Jesus e assim cumpriram as profecias do Antigo Testamento (13:27-29)

    - Deus ressuscitou Jesus dos mortos, e ele foi visto vivo por muitas testemunhas (13:30-31)

    - Paulo e Barnabé estavam pregando o evangelho da promessa, mostrando que Deus tinha         cumprido a promessa do Velho Testamento (13:32-37)

        • Ele cumpriu a profecia do segundo Salmo quando Jesus foi colocado no trono (13:33; veja Salmo 2:6-9)

        • Ele cumpriu as promessas feitas a Davi e que foram mencionadas por Isaías num contexto que enfatizou que a graça seria oferecida a todos, incluindo os gentios (13:34; veja Isaías 55:3 no seu contexto)

        • Ele cumpriu a profecia de Salmo 16:10, e não deixou o Santo ser corrompido na morte (13:35)

        • Aqui, Paulo trouxe o mesmo ponto que Pedro tinha apontado em sua mensagem em Atos 2:24-36, dizendo que Davi viu corrupção e, então, sua profecia não pertencia a si próprio, mas a Jesus (13:36-37)

    - Deus ofereceu a salvação através de Jesus (13:38-41)

    - Jesus oferece perdão que não era possível pela lei de Moisés (13:38-39)

    - Paulo pediu aos judeus que aceitassem a Jesus para evitar castigo (13:40-41; veja Habacuque 1:5, onde esta linguagem foi usada para descrever o castigo contra Judá pelos babilônicos, que aconteceu cerca de 600 anos a.C.)

Perguntas: 

1. Onde Paulo fez a pregação relatada aqui?

2. Faça um resumo desta mensagem, observando as ligações que ele fez com o Velho Testamento. Por que ele falou tanto do Velho Testamento nesta situação?

3. Qual é a ligação entre a ressurreição de Cristo e as profecias de Davi?

4. Salvação é possível pela lei de Moisés?

5. Desafio adicional: Existem pessoas ainda hoje que acreditam que Jesus vai voltar à terra para reinar literalmente no trono físico de Davi. Citando Atos, capítulos 2 e 13, mostre como Jesus já cumpriu as profecias sobre seu reinado no trono de Davi.


Paulo e Barnabé são Rejeitados pelos Judeus e Começam a Pregar aos Gentios (13:42-52)

- Muitos dos judeus quiseram ouvir mais, e alguns aceitaram o evangelho (13:42-43)

- No sábado seguinte, uma grande multidão se reuniu para ouvir a palavra (13:44)

- Os judeus, movidos por inveja, contradisseram a palavra de Paulo e Barnabé (13:45)

- Por causa da rejeição da palavra por parte dos judeus, Paulo e Barnabé começaram a pregar aos gentios (13:46-52)

    - Muitos dos gentios aceitaram a palavra (13:46-48)

    - O evangelho foi divulgado naquela região (13:49)

    - Os judeus perseguiram Paulo e Barnabé e os expulsaram do seu território (13:50-52)

        - Paulo e Barnabé foram para Icônio

        - Os discípulos ficaram cheios de alegria e do Espírito Santo

Perguntas:

1. Todos os judeus rejeitaram o evangelho?

2. Por que os líderes dos judeus contradisseram as palavras de Paulo?

3. O que Paulo e Barnabé fizeram quando foram rejeitados pelos judeus?

4. Quando eles foram expulsos do território de Antioquia, foram para onde?

5. Quando Paulo e Barnabé saíram de Antioquia, os novos cristãos se desanimaram ou não? O que devemos fazer hoje para encorajar este tipo de dependência e confiança no Senhor, mesmo entre recém-convertidos?


 

ESTUDOS BÍBLICOS       PESQUISAR NO SITE       MENSAGENS EM ÁUDIO      MENSAGENS EM VÍDEO     

ESTUDOS TEXTUAIS      ANDANDO NA VERDADE     O QUE ESTÁ ESCRITO?      O QUE A BIBLIA DIZ?

 

O Que Esta Escrito?
 
©1994, ©1995, ©1996, ©1997, ©1998, ©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008, ©2009
 Redator: Dennis Allan, C.P. 60804, São Paulo, SP, 05786-970.

Andando na Verdade
©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008
Redator: Dennis Allan, C.P. 60804, São Paulo, SP, 05786-970

Todos os artigos no site usados com permissão dos seus autores e editoras, que retêm direitos autorais sobre seu próprio trabalho. / 
All of the articles on this site are used with permission of their authors and publishers, who retain rights of use and copyright control over their own work.

Estudos Bíblicos
estudosdabiblia.net
©1995-2015 Karl Hennecke, USA