Share Button

Estudo Textual
Marcos
9:30-10:31

Os Discípulos Não Entendem a Missão nem o Reino de Jesus (9:30-37)

    - Jesus falou de sua morte e ressurreição, mas os discípulos não compreendiam este ensinamento (9:30-32)
    - Jesus ensinou que os primeiros no seu reino seriam os servos (9:33-37)
        - Os discípulos discutiram no caminho sobre suas posições no reino (9:33-34)
        - Jesus enfatizou a diferença entre seu reino e os reinos humanos, dizendo: "Se alguém quer ser o primeiro, será o último e servo de todos" (9:35)
        - Jesus usou uma criança para ilustrar que somente os humildes, que recebem tal criança, seriam aceitos por Jesus e por seu Pai (9:36-37)

Perguntas: 

1. Como os discípulos reagiram ao ensinamento de Jesus sobre sua morte?

2. Como Jesus respondeu à discussão dos apóstolos sobre a posição no reino de Deus? Especificamente:

a. O que falou sobre ser o primeiro?

b. Como usou uma criança para ilustrar esta idéia?


Jesus Adverte sobre Tropeços (9:38-50)

    - Jesus corrigiu o espírito partidário dos apóstolos (9:38-41)
        - Os apóstolos falaram que tinham rejeitado um homem que realizou milagres em nome de Jesus, "porque não seguia conosco" (9:38)
        - Jesus mostrou que a questão importante era se a pessoa estava fazendo a vontade do Senhor, ou não (9:39-41)
    - Jesus advertiu sobre tropeços (9:42-50)
        - Nesta série de ilustrações de cirurgia radical, Jesus mostrou que a obediência a ele exige grande sacrifício das coisas mais preciosas
        - Observando o contexto deste trecho nos ajudará na sua interpretação
            - Jesus incluiu as mesmas idéias quando ensinou sobre a necessidade de controlar as paixões da carne (Mateus 5:27-32)
            - Aqui, ele utilizou as mesmas ilustrações de cirurgia radical num contexto que diz que nós temos que conquistar o desejo de receber honra e poder
        - Ou a pessoa vencerá estes desejos mundanos, ou será rejeitada por Deus e lançada no fogo
        - Note aqui as descrições do inferno como lugar de sofrimento eterno

Perguntas: 

1. Por que os discípulos proibiram o homem que expulsava demônios?

2. Considere as implicações deste texto (9:38-41):

a. Algumas pessoas, além dos apóstolos, tinham recebido poder de Jesus? Justifique sua resposta.

b. Os seguidores de Jesus, em qualquer época ou lugar, têm condições de identificar todos os outros discípulos?

c. É correto rejeitar a outra pessoa simplesmente porque ela não pertence à "nossa igreja"? Explique.

3. No contexto de 9:33-41, os membros do corpo mencionados em 9:43-48 provavelmente representam qual tipo de desejo?

4. Jesus acreditava no inferno? Como ele o descreveu?


Jesus Responde a Perguntas sobre o Divórcio (10:1-12)

    - Os fariseus perguntaram sobre o divórcio (10:1-9)
        - A pergunta deles: "É lícito ao marido repudiar sua mulher?" (10:2)
        - A resposta de Jesus (10:3-9):
            - Ele explicou que Moisés tinha tolerado o divórcio "por causa da dureza do vosso coração" (10:3-5)
            - Então, Jesus mostrou que a vontade de Deus desde o princípio era que o homem ficasse com sua mulher, sem divórciar: "Portanto, o que Deus ajuntou não o separe o homem" (10:6-9)
    - Os discípulos, em particular, perguntaram sobre o divórcio (10:10-12)
        - Em casa, os discípulos voltaram ao assunto do divórcio (10:10)
        - A resposta de Jesus: Quem repudiar sua mulher ou seu marido e casar com outra(o), comete adultério (10:11-12)
    - Comentários adicionais e ligações com outras passagens:
        - Marcos mostra neste trecho que a mesma lei do divórcio aplica tanto à mulher como ao homem
        - Lucas fornece mais um detalhe: Quem casar com uma pessoa repudiada também comete adultério (Lucas 16:18). O Novo Testamento não autoriza o segundo casamento da pessoa repudiada enquanto o primeiro esposo estiver vivo (veja, também, Romanos 7:2-3)
        - Mateus, também, fornece outro detalhe: Há uma exceção (Mateus 5:32; 19:9). Quem repudiar sua mulher por causa das relações sexuais ilícitas (dela), não comete adultério, mesmo se casar com outra
        - Paulo mostra que o divórcio em si é proibido, e não somente o segundo casamento (1 Coríntios 7:10-11)

Perguntas: 

1. Qual era a intenção de Deus desde o princípio sobre a permanência do casamento?

2. Como os judeus, e outros, tinham abandonado este plano divino?

3. Responda às seguintes perguntas, considerando o texto de Marcos e outras passagens citadas acima:

a. Qual é a vontade de Jesus sobre a permanência do casamento?

b. O homem que repudiar sua mulher e se casar com outra está cometendo qual pecado?

c. Qual é a única exceção que Jesus deu?

d. Qual é a situação da pessoa repudiada se ela se casar de novo?

e. Uma pessoa que se divorciar (por outro motivo; não por causa das relações sexuais ilícitas) e não se casar de novo, comete pecado?


Jesus Ensina sobre a Necessidade da Humildade e o Perigo das Riquezas (10:13-31)

    - Jesus abençoou algumas crianças, usando-as como exemplo da humildade necessária para entrar no reino de Deus (10:13-16)

    - Quando um homem rico perguntou sobre como herdar a vida eterna, Jesus lhe disse para vender tudo o que possuía para seguir a Jesus. O homem se retirou triste (10:17-22)

    - Jesus aproveitou esta oportunidade para ensinar sobre o perigo das riquezas e a necessidade de deixar tudo para segui-lo (10:23-31)

        - Jesus falou da dificuldade de um rico entrar no reino de Deus, e os discípulos estranharam as suas palavras (10:23-27)

           - Os discípulos ainda estavam tendo dificuldade em entender o reino espiritual de Jesus, feito sem poder político e composto por homens humildes que serviriam um rei que morreria-

            -  Jesus, porém, sabia que a confiança nas riquezas impede a fé e a confiança em Deus

        - Pedro falou do sacrifício que os discípulos tinham feito, deixando tudo para seguir Jesus (10:28)

        - Jesus disse que as pessoas que assim deixam tudo serão abençoadas (10:29-31):

           - Sacrifícios nesta vida: casa, família, etc.

            - Bênçãos nesta vida: o cêntuplo de casas, família, etc.

            - Bênção eterna: A vida eterna

            - O porém: "com perseguições" (veja 2 Timóteo 3:12)

Perguntas: 

1. Como os adultos têm que imitar as crianças para entrar no reino de Deus?

2. Jesus ensinou que as crianças estão perdidas e precisam do batismo?

3. Qual foi o sacrifício que Jesus exigiu do rico? Como ele reagiu?

4. Jesus exige menos de nós?

5. A salvação de um rico é possível ou não? Explique.

6. Como serão abençoados os que deixam tudo para servir a Jesus? Como Jesus mostrou no versículo 30 que até mesmo as pessoas fiéis vão sofrer nesta vida?

7. Considere bem como o capítulo 10 mostra o sacrifício necessário para servir a Jesus, e mostra, também, a recompensa dos obedientes.


ESTUDOS BÍBLICOS       PESQUISAR NO SITE       MENSAGENS EM ÁUDIO      MENSAGENS EM VÍDEO     

ESTUDOS TEXTUAIS      ANDANDO NA VERDADE     O QUE ESTÁ ESCRITO?      O QUE A BIBLIA DIZ?

 

O Que Esta Escrito?
 
©1994, ©1995, ©1996, ©1997, ©1998, ©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008, ©2009
 Redator: Dennis Allan, C.P. 60804, São Paulo, SP, 05786-970.

Andando na Verdade
©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008
Redator: Dennis Allan, C.P. 60804, São Paulo, SP, 05786-970

Todos os artigos no site usados com permissão dos seus autores e editoras, que retêm direitos autorais sobre seu próprio trabalho. / 
All of the articles on this site are used with permission of their authors and publishers, who retain rights of use and copyright control over their own work.

Estudos Bíblicos
estudosdabiblia.net
©1995-2015 Karl Hennecke, USA