Share Button

A santificação dos solteiros

Q uando Deus criou o homem, ele já falou que a solidão não faria bem. Ele nos criou como pessoas que precisam de outras pessoas. No geral, o ser humano precisa de relações familiares e de envolvimento social. Mais importante ainda é a nossa necessidade espiritual – precisamos de relacionamentos com Deus e com outras pessoas no contexto de uma família espiritual. 

Deus nos deu, também, desejos que são satisfeitos numa relação especial entre homem e mulher. O casamento continua digno de honra (Hebreus 13:4). Mas antes de casar, ou se não casar, como deve ser o comportamento do servo santificado? 

Os solteiros devem manter a pureza sexual

N o plano de Deus, relações sexuais são reservadas exclusivamente ao casamento lícito de um homem e uma mulher. O leito matrimonial é puro (Hebreus 13:4). O casamento – e a relação sexual do casal – é uma resposta à dificuldade de manter a pureza (1 Coríntios 7:2-5). Deus claramente condena relações sexuais ilícitas (fornicação, prostituição, impureza) e atos relacionados (Gálatas 5:19). 

Pensamento e procedimento na batalha contra a carne

E m outro estudo, já consideramos a ligação entre o pensamento e o procedimento (Andando na Verdade, Ano 6, Número 4, páginas 1-3). Para evitar atos proibidos e prejudiciais, precisamos controlar os pensamentos. Jesus ilustrou esta necessidade quando falou de desejos impuros. Ele não somente condenou o ato de adultério, mas falou que o pensamento que leva ao ato é errado também (Mateus 5:27-30). 

O discípulo de Cristo precisa enfrentar a realidade atual. Vivemos num mundo sensual que procura destruir as nossas defesas. O mundo oferece e incentiva a participação em muitas atividades sensuais. O cristão que quer proteger a sua pureza precisa resistir as tentações de danças sensuais, o incentivo de “ficar” e comportamentos considerados normais (no mundo) para os namorados. Os solteiros do mundo podem achar normal ter muito contato físico, beijos demorados, etc., mas o servo do Senhor vive conforme um padrão mais elevado. 

Além das atividades sensuais, o mundo oferece muitos outros estímulos para cultivar pensamentos sensuais. Além das tendências da moda de incentivar o uso de roupas sensuais, qualquer pessoa hoje enfrenta as influências de pornografia, fotos, filmes, músicas e literaturas sensuais. 

A pressão de amigos, ou das atitudes da sociedade, também incentiva a imoralidade. Muitas pessoas tratam os desejos sexuais como necessidades que precisam ser satisfeitas, recusando aprender como controlar e negar os próprios desejos. O desenvolvimento de diversos métodos de prevenção de algumas consequências é visto por muitos como permissão para atividade sexual sem respeito pelos limites morais impostos pelo Criador. 

Para evitar pensamentos errados, é necessário cultivar pensamentos bons. Deus não nos deixa com um vazio mental (tirar os pensamentos errados sem deixar nada no lugar). Ao mesmo tempo que ele nos ensina a evitar maus pensamentos, ele oferece coisas boas para encher o espaço. Ele falou para fugir das paixões da mocidade e, logo em seguida, disse para seguir a justiça, a fé, o amor e a paz, invocando o Senhor com coração puro (leia 2 Timóteo 2:22). 

anv05-01finalcores.gif

Sugestões para um namoro puro

T odos que namoram, respeitando a vontade de Deus e procurando preservar a própria pureza e a pureza do namorado, precisam definir limites no namoro com base na palavra do Senhor. Para determinar “regras” saudáveis para seu namoro, consulte, em primeiro lugar, a palavra de Deus. Geralmente ajuda, também, conversar com os pais ou com outros cristãos. Conversas honestas com o próprio namorado podem ajudar. 

Quero sugerir alguns exemplos (não estou dando uma lista de regras, mas algumas sugestões de como evitar pecados sexuais no namoro). 

● Procurem sair em grupos ou com outros casais, especialmente com casais cristãos. 

● Especialmente quando estão a sós, evitem lugares escuros (portão de casa, canto da sala de cinema, carro estacionado, etc.). 

● Sempre use roupas decentes e insista que seu namorado ou sua namorada faça a mesma coisa. Se você ama aquela pessoa, não vai querer olhar, e nem que os outros olhem, para ela como objeto sexual. 

● Evitem contato físico excessivo. Seja sincero sobre o que é “excessivo”. 

● Mantenham as coisas no lugar certo – todas as roupas no lugar certo, as mãos longes das partes íntimas do corpo do outro, etc. 

No seu namoro, aja com amor verdadeiro. Esta simples regra, corretamente aplicada, servirá para evitar muitos problemas. O amor verdadeiro procura o bem da pessoa amada. O sexo antes do casamento não promove o bem de nenhuma das pessoas envolvidas, pois traz consequências graves. Entre elas: 

● O risco de doenças que podem complicar ou até tirar a vida. 

● O risco de gravidez. 

● O aumento no perigo de traição depois do casamento. Mesmo se chegarem a casar, já começam com um casamento mais difícil. Se ele já traiu seu Criador, pecando com a namorada, o que impedirá que ele traia a mulher, pecando com outra? 

● A destruição da auto-estima. Valorize sua namorada. Ela não é um objeto para satisfazer seus desejos ilícitos, é uma pessoa criada à imagem de Deus. Ela merece respeito! 

● A consciência danificada. Precisamos da consciência para nos proteger nas horas difíceis. Uma consciência cauterizada se torna inútil e nos deixa sem defesa (1 Timóteo 4:2). 

● O julgamento de Deus. Mesmo se a pessoa achar que o sexo antes do casamento não faz mal nesta vida, não escapará a condenação divina: “Deus julgará os impuros” (Hebreus 13:4; cf. Gálatas 5:19-21). 

Pensando no ensinamento de Deus e no princípio do amor verdadeiro, podemos compreender um fato importante: Solteiros não fazem amor. Alguns solteiros, desrespeitando a vontade de Deus, mantêm relações sexuais, mas estas relações não representam um ato de amor. São atos sujos, ilícitos, perversos e condenados, pois representam rebeldia contra Deus e trazem prejuízos aos participantes. Solteiros não fazem amor! 

Se você ama seu namorado, aja como cristão e ajude aquela pessoa chegar ao céu. Namore de uma maneira que, se chegar a terminar, poderão manter a amizade sem vergonha ou sentimentos de culpa. 

Não está namorando? Ainda mantenha a pureza!

T enho falado bastante para os solteiros que namoram. Mas se você não está namorando, encha a sua vida com coisas boas e espiritualmente saudáveis, evitando pensamentos e atividades sensuais. 

Outros aspectos da santificação

A lém de manter a pureza sexual, o solteiro deve buscar a santificação em todos os outros aspectos da vida. Alguns princípios bíblicos ajudarão: 

Evite amizades que conduzem ao pecado (1 Pedro 4:2-5). A questão não é, necessariamente, ter ou não ter amigos do mundo. O próprio Jesus foi criticado por ter contato com pecadores, e ele defendeu a sua decisão (Marcos 2:15-17). Se você conseguir viver abertamente como cristão, influenciando outros com a palavra de Deus, pode até imitar este aspecto do comportamento de Cristo. Mas, se você for uma pessoa facilmente influenciada e levada pelos outros, melhor evitar tais amizades (cf. 1 Coríntios 15:33; Salmo 1:1). 

Evite atividades e hábitos que corrompem seus princípios morais. Por exemplo, fique longe de bebidas e outras drogas (Provérbios 20:1; 23:31). Rejeite a desonestidade (Efésios 4:25). Corrija atitudes erradas em relação aos seus pais (Efésios 6:1-2). Não dê lugar para o materialismo na sua vida (1 Timóteo 6:8-10). 

Cultive atitudes e comportamentos espirituais. Procure sempre desenvolver o seu caráter espiritual (1 Timóteo 4:11-16). Aprenda servir aos outros (Romanos 12:10-16). Na transição de criança para adulto, precisa mudar o centro de atenção de si mesmo para Deus e para outros. Busque em primeiro lugar o reino de Deus (Mateus 6:33). 

“Lembra-te do teu Criador nos dias da tua mocidade.... porque isto é o dever de todo homem” (Eclesiastes 12:1,13-14). 

–  Dennis Allan


ESTUDOS BÍBLICOS       PESQUISAR NO SITE       MENSAGENS EM ÁUDIO      MENSAGENS EM VÍDEO     

ESTUDOS TEXTUAIS      ANDANDO NA VERDADE     O QUE ESTÁ ESCRITO?      O QUE A BIBLIA DIZ?

 

O Que Esta Escrito?
 
©1994, ©1995, ©1996, ©1997, ©1998, ©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008, ©2009
 Redator: Dennis Allan, C.P. 60804, São Paulo, SP, 05786-970.

Andando na Verdade
©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008
Redator: Dennis Allan, C.P. 60804, São Paulo, SP, 05786-970

Todos os artigos no site usados com permissão dos seus autores e editoras, que retêm direitos autorais sobre seu próprio trabalho. / 
All of the articles on this site are used with permission of their authors and publishers, who retain rights of use and copyright control over their own work.

Estudos Bíblicos
estudosdabiblia.net
©1995-2015 Karl Hennecke, USA