Share Button

Veja más notícias como boas notícias

Foi-me bom ter eu passado pela aflição, para que aprendesse os teus decretos” (Salmos 119:71). Ninguém gosta da dor. Contudo o salmista tinha uma atitude positiva de fé que o capacitou a lidar com as circunstâncias dolorosas. Ele não disfarçou a realidade mas a viu de maneira otimista e se mostrou bem positiva ao enfrentar seus problemas. As notícias más de ter que agüentar o problema deram-lhe uma oportunidade para aprender a verdade de Deus. Nós precisamos cultivar esta atitude nestas épocas difíceis. As coisas que são difíceis de agüentar podem ser proveitosas para recordar.

A boa notícia da Bíblia é, apesar dos problemas deste mundo e das falhas do homem, a verdade encorajadora que Deus pode trazer o bem do mal. “Sabemos que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito” (Romanos 8:28). Se amarmos a Deus de modo supremo, teremos a confianção que a vontade dele é levar seus filhos fiéis para o céu. Lá a alegria e êxtase eternas esperam-nos. Todas as lágrimas e tristezas são esquecidas para sempre (Apocalipse 21:3-7; 22:3-5)!

1.  A Realidade do Inferno Pode nos Despertar. Como o inferno pode ser uma notícia boa? João Batista pregou sobre o julgamento final de Cristo: “A sua pá, ele a tem na mão, para limpar completamente a sua eira e recolher o trigo no seu celeiro; porém queimará a palha em fogo inextinguível. Assim, pois, com muitas outras exortações anunciava o evangelho ao povo” (Lucas 3:17-18). Os salvos são mantidos como o bom trigo. Os perdidos são separados e punidos como a palha queimada e sem valor. A Bíblia ensina claramente a realidade da punição horrível do inferno (Marcos 9:43-48). A má notícia da realidade do inferno é parte do evangelho (a boa nova da salvação do pecado)! Se não houvesse pecado, não poderia haver salvação (libertação do pecado). Nós apreciamos verdadeiramente a graça salvadora de Deus na luz da ira terrível da justiça de Deus! A convicção do pecado e o reconhecimento da ira de Deus podem motivar a alma ainda sensível do perdido a buscar a misericórdia de Deus em Cristo (Atos 2:36-38; 8:20-24). O homem tem que reconhecer que há más notícias sem Cristo para que aprecie a boa notícia de Cristo.

2. O Poder de Cristo Pode nos Ajudar.“Estas coisas vos tenho dito para que tenhais paz em mim. No mundo, passais por aflições; mas tende bom ânimo; eu venci o mundo” (João 16:33). Jesus incentivou seus discípulos desanimados, chateados com sua partida, com palavras da esperança e do conforto. Jesus nosso Senhor é maior do que qualquer problema que nós enfrentarmos. Podemos conseguir, porque ele conseguiu! O mundo encontra-se na escuridão. Em vez de amaldiçoar a escuridão ou sentirmos pena de nós mesmos, podemos ser uma luz aos outros do poder transformador do evangelho (Filipenses 2:14-16). A verdade divina é mais forte do que o erro. O declínio e a deterioração do mundo ao nosso redor são uma oportunidade ótima para a luz de Cristo brilhar através de nós. Aquelas almas procurando ao nosso redor, sobrecarregadas com os problemas da vida e a futilidade do pecado, irão nos perguntar porque temos uma esperança tão edificante (1 Pedro 3:15). As pessoas estariam mais interessadas no evangelho se nós fôssemos mais interessantes. Os perdidos podem ser ganhos para Cristo!

3. A Oportunidade para a Fé nos Fortalecer. “Meus irmãos, tende por motivo de toda alegria o passardes por várias provações, sabendo que a provação da vossa fé, uma vez confirmada, produz perseverança. Ora, a perseverança deve ter ação completa, para que sejais perfeitos e íntegros, em nada deficientes” (Tiago 1:2-4). O profeta Tiago nos diz para não reclamarmos sobre nossos problemas como uma maldição. Nós devemos ver todas as sortes de problemas inquietantes que tentam nossa alma como uma oportunidade de fortalecer nossa fé! Nós só ficamos mais fortes exercitando nossos músculos da fé. Alguém chamou problemas de oportunidades disfarçadas. Enfrentar corretamente nossas provações é simplesmente aplicar o que dizemos, o que acreditamos. A má notícia da nossa tribulação é o controle de qualidade de Deus. Ele tem uma finalidade positiva para nosso bem a longo prazo. Testa a profundidade e a força de nossa fé. Deus permite que Satanás nos tente. Seu alvo hostil é derrotar-nos. O alvo aprimorado de Deus para permitir nossa provação é para que possamos superá-las! Como respondemos aos problemas nos diz algo sobre nós mesmos. Nossa reação é espelho de Deus para a condição de nossa alma. Nós tornamo-nos melhores, mais fortes e mais próximos de Deus quando enfrentamos corretamente as provações. Se não houvesse nenhuma provação, não poderia haver nenhum triunfo (Tiago 1:12)! Com ajuda de Deus, a má notícia de provações do mundo podem transformar-se em boas notícias do triunfo de Deus em qualquer crente. É provado que a fé é genuína e Deus é glorificado!

E agora, já se sente melhor?

– por W. Frank Walton


ESTUDOS BÍBLICOS       PESQUISAR NO SITE       MENSAGENS EM ÁUDIO      MENSAGENS EM VÍDEO     

ESTUDOS TEXTUAIS      ANDANDO NA VERDADE     O QUE ESTÁ ESCRITO?      O QUE A BIBLIA DIZ?

 

O Que Esta Escrito?
 
©1994, ©1995, ©1996, ©1997, ©1998, ©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008, ©2009
 Redator: Dennis Allan, C.P. 60804, São Paulo, SP, 05786-970.

Andando na Verdade
©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008
Redator: Dennis Allan, C.P. 60804, São Paulo, SP, 05786-970

Todos os artigos no site usados com permissão dos seus autores e editoras, que retêm direitos autorais sobre seu próprio trabalho. / 
All of the articles on this site are used with permission of their authors and publishers, who retain rights of use and copyright control over their own work.

Estudos Bíblicos
estudosdabiblia.net
©1995-2015 Karl Hennecke, USA