Share Button

Serpentes e pombas

“Eis que eu vos envio como ovelhas para o meio de lobos; sede, portanto, prudentes como as serpentes e símplices como as pombas” (Mateus 10:16).

Serpentes e pombas – duas criaturas com pouco em comum. E, no entanto, no desenvolvimento do nosso caráter, devemos ser “como” elas são em alguns aspectos. É um bom paradoxo, não é? Muito do caráter do cristão é um paradoxo. Por exemplo:

Devemos controlar nossas línguas (Tiago 3:1-12) mas também ser ousados no falar (Efésios 6:20). Não há virtude numa língua ousada que está descontrolada nem numa língua que é tão controlada que nunca é ousada. Nossas línguas precisam de uma “ousadia controlada” para repreender o pecado tanto publicamente (Gálatas 2:11-21) quanto particularmente (Mateus 18:15). Apesar das conseqüências poderem ser desagradáveis (Marcos 6:16-18), devemos falar ousadamente, e quando a situação requer, as nossas línguas ousadas devem ser diretas (Mateus 23:15). O medo de dizer uma coisa errada não deve nos impedir de dizer a coisa certa (Mateus 10:26-27). O silêncio nem sempre reflete sabedoria, às vezes simplesmente mostra a covardia.

A humildade de Paulo (1 Coríntios 15:9) e, ao mesmo tempo, sua confiança (2 Timóteo 4:7-8) exemplificam mais um paradoxo. A humildade não deve criar a timidez mas a confiança também não deve levar à arrogância. A humildade irá nos manter cientes das nossas próprias fraquezas mas nunca deve causar hesitação em apontar pecados na vida de outros (1 Coríntios 5:1-13). Nós somos humilhados pelo risco que corremos de errar em opiniões e entendimentos da verdade, mas somos confiantes de que há certas coisas das quais temos certeza que não podem ser comprometidas (Gálatas 2:5).

A virtude da longanimidade (Gálatas 5:22) tem de ser equilibrada pela intolerância (Colossenses 2:4,8,16,18). A longanimidade é precisa conforme tentamos progredir para a maturidade, mas a intolerância é precisa quando o progresso não acontece e metas não são atingidas (1 Coríntios 3:1-3; Hebreus 5:11-14). É uma coisa sofrer junto com pecadores enquanto tentam vencer o pecado, mas tolerar o pecado é completamente diferente (Apocalipse 2:15-16, 20-21).

Com certeza devemos nos importar com o que os outros pensam de nós (Mateus 5:13-16) mas, ao mesmo tempo, nos importarmos pouco com a maneira que nos avaliam (Gálatas 1:10). A virtude de viver para influenciar outros (Filipenses 2:12-16) pode tão facilmente tornar-se no vício de viver para agradar os outros (Gálatas 2:11-21).

Alguns são propensos “pela natureza” a serem “como serpentes” ou “como pombas” e o diabo usa as nossas “inclinações naturais” para causar um caráter desequilibrado. Ele nos faria enfatizar o que é fácil e não enfatizar o que não é. Como conseqüência nós, muitas vezes, vamos aos extremos: uma pessoa falsamente sofisticada que acredita que pessoas “cultas” evitam falar ousado, afirmações confiantes, intolerância de pecados e conduta que pode “ofender” outras pessoas; ou um realista que é abusivo no falar, arrogante, intolerante e despreocupado com o que outros podem pensar.

O desenvolvimento de um caráter equilibrado porém paradoxal não vem rapidamente (Hebreus 5:12 – "ao tempo decorrido") nem é fácil (1 Coríntios 9:25 – "se domina"), mas não há atalhos para chegar à maturidade.

–por David Smitherman


ESTUDOS BÍBLICOS       PESQUISAR NO SITE       MENSAGENS EM ÁUDIO      MENSAGENS EM VÍDEO     

ESTUDOS TEXTUAIS      ANDANDO NA VERDADE     O QUE ESTÁ ESCRITO?      O QUE A BIBLIA DIZ?

 

O Que Esta Escrito?
 
©1994, ©1995, ©1996, ©1997, ©1998, ©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008, ©2009
 Redator: Dennis Allan, C.P. 60804, São Paulo, SP, 05786-970.

Andando na Verdade
©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008
Redator: Dennis Allan, C.P. 60804, São Paulo, SP, 05786-970

Todos os artigos no site usados com permissão dos seus autores e editoras, que retêm direitos autorais sobre seu próprio trabalho. / 
All of the articles on this site are used with permission of their authors and publishers, who retain rights of use and copyright control over their own work.

Estudos Bíblicos
estudosdabiblia.net
©1995-2015 Karl Hennecke, USA