Share Button

Sábado ou domingo?

Pergunta: Um adventista do sétimo dia diz que a Igreja Católica mudou o dia de louvor do sétimo ao primeiro dia e mostra citações de livros católicos para provar. Você pode comentar isso?

Resposta: O Catecismo de Baltimore, pergunta 235, diz em parte, "A Igreja primitiva mudou o dia de louvor de sábado para domingo pela autoridade dada à ela por Cristo. O Novo Testamento não faz menção especifica dos apóstolos mudarem o dia de louvor, mas conhecemos o fato através da tradição."

Para entender isso é preciso perceber que o catolicismo ensina que Cristo fundou a igreja para levar a verdade aos homens; que aquela igreja está sob a autoridade do Papa e dos bispos em comunhão com ele; que os apóstolos foram os primeiros bispos e que o Novo Testamento é um produto da igreja citada. No seu modo de pensar, qualquer citação no Novo Testamento de louvor no primeiro dia (como em Atos 20:7) é prova de que a Igreja Católica mudou o dia de louvor. Um adventista que cita tal “autoridade” está dando crédito não merecido ao catolicismo.

O imperador Constantino, em 312 d.C., alegou ter visto uma cruz em chamas nos céus e sua “conversão” é desta data. Depois ele deu sanção legal oficial ao “cristianismo”e algumas de suas práticas. Isso não é criar o cristianismo nem as práticas. Louvor no primeiro dia, assim como o cristianismo, existia muito antes da “conversão” duvidosa de Constantino. Os católicos não colocam a mudança numa data tão tarde, mas olham de volta para os mesmos registros que nós usamos (Atos 20:7, 1 Coríntios 16:2) como prova da mudança. Por exemplo, se um adventista do sétimo dia ganhasse as eleições presidenciais e conseguisse apoio suficiente no congresso para fazer leis sobre o sábado – apagando o domingo como feriado legal – os adventistas diriam que este presidente originou o sétimo dia como dia de louvor? É claro que não – nem foi o catolicismo do quarto século que originou domingo como um dia de louvor.

Inácio (30 a 107 d.C.) em sua carta aos magnesianos (capítulo 9) escreveu sobre guardar o sábado, mas não da maneira judaica. A epístola mais curta lê-se, “não mais observando o sábado, mas vivendo na comemoração do Dia do Senhor." A versão mais longa acrescenta, “o dia da ressurreição ... o oitavo dia.” Isso foi 200 anos antes de Constantino.

Justino, o Mártir (114 a 165 d.C.), em sua primeira Apologia (capítulo 67), diz, “Mas domingo é o dia no qual iremos ter nossa reunião comum, porque foi no primeiro dia que Deus, tendo feito uma mudança na escuridão e na matéria, fez o mundo; e Jesus Cristo nosso Salvador, no mesmo dia, ressuscitou dos mortos.” Isso foi aproximadamente 150 anos antes de Constantino.

A esses podem ser acrescentados escritos seculares e religiosos que tornam ridículas as alegações dos adventistas. Lembre-se, nós usamos o Novo Testamento para nossa autoridade a respeito do primeiro dia, mas citamos a história secular para desmentir uma alegação histórica falsa. O adventista que cita fontes católicas aceitará aquelas mesmas fontes para outras alegações da igreja católica romana? Se não, por que não?

–por Robert F. Turner


ESTUDOS BÍBLICOS       PESQUISAR NO SITE       MENSAGENS EM ÁUDIO      MENSAGENS EM VÍDEO     

ESTUDOS TEXTUAIS      ANDANDO NA VERDADE     O QUE ESTÁ ESCRITO?      O QUE A BIBLIA DIZ?

 

O Que Esta Escrito?
 
©1994, ©1995, ©1996, ©1997, ©1998, ©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008, ©2009
 Redator: Dennis Allan, C.P. 60804, São Paulo, SP, 05786-970.

Andando na Verdade
©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008
Redator: Dennis Allan, C.P. 60804, São Paulo, SP, 05786-970

Todos os artigos no site usados com permissão dos seus autores e editoras, que retêm direitos autorais sobre seu próprio trabalho. / 
All of the articles on this site are used with permission of their authors and publishers, who retain rights of use and copyright control over their own work.

Estudos Bíblicos
estudosdabiblia.net
©1995-2015 Karl Hennecke, USA