Share Button

A base do discernimento

Fico preocupado com o que ouço cada vez mais em relação às decisões que tomamos sobre o que é certo e o que é errado. Parece que estas escolhas estão cada vez mais baseadas nas nossas opiniões e não na palavra de Deus. Quando alguma prática é questionada por um irmão preocupado a resposta é, “Bem, eu não vejo nada de errado com isso, eu sinto que está certo.” Nenhuma passagem da Escritura é dada para defender a prática e não se apela a nenhum princípio bíblico – “Eu apenas acho que está certo.” 

Mas isso não está acontecendo apenas em relação à justificação de práticas questionáveis. Também, quase tão freqüentemente quanto, ocorre no outro sentido. Alguns de nós estamos dispostos a condenar certas práticas simplesmente dizendo: “Eu acho que é comportamento inconveniente e você não deve fazer isso”. Mais uma vez, nenhuma passagem ou princípio bíblico é citado – “Eu apenas acho que é comportamento inadequado”. 

Eu reconheço que a Bíblia não nos dá uma lista exaustiva (específico) de toda ação certa e errada. Eu também sei que Deus espera que usemos nossos sentidos espirituais para distinguirmos entre “o bem e o mal” (Hebreus 5:14) e para aprovarmos “as coisas excelentes” (Filipenses 1:9-11). Portanto, eu entendo que nós teremos que fazer “julgamentos” sobre assuntos não-especificados para determinar se são certos, errados ou apenas não-aconselháveis. E ao fazer esses “julgamentos”, podemos nem sempre ver tudo da mesma forma. Mas o que não podemos e não devemos falhar em ver é que Deus espera que usemos sua palavra para tomarmos essas decisões (Hebreus 5:11-14; João 12:48; 1 Pedro 4:11). Ele não deixa para ser tomada por uma opinião baseada em sabedoria mundana. 

Então, se você sentir que não há “nada de errado” com certa ação que um outro irmão questiona, tudo bem – enquanto você baseia sua conclusão em algum princípio bíblico válido e está disposto a mostrar por que você acha que a ação está certa – usando o princípio bíblico! E a mesma é verdade no outro sentido! Se você achar que uma ação é inapropriada, mostre o princípio bíblico que te levou àquela conclusão. 

A religião de Cristo não é baseada em “eu acho que sim” ou “opiniões”, mas na revelação de Deus. Defenda suas ações com a Bíblia ou pare de praticá-las até puder!

–por Rick Liggin


ESTUDOS BÍBLICOS       PESQUISAR NO SITE       MENSAGENS EM ÁUDIO      MENSAGENS EM VÍDEO     

ESTUDOS TEXTUAIS      ANDANDO NA VERDADE     O QUE ESTÁ ESCRITO?      O QUE A BIBLIA DIZ?

 

O Que Esta Escrito?
 
©1994, ©1995, ©1996, ©1997, ©1998, ©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008, ©2009
 Redator: Dennis Allan, C.P. 60804, São Paulo, SP, 05786-970.

Andando na Verdade
©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008
Redator: Dennis Allan, C.P. 60804, São Paulo, SP, 05786-970

Todos os artigos no site usados com permissão dos seus autores e editoras, que retêm direitos autorais sobre seu próprio trabalho. / 
All of the articles on this site are used with permission of their authors and publishers, who retain rights of use and copyright control over their own work.

Estudos Bíblicos
estudosdabiblia.net
©1995-2016 Karl Hennecke, USA