O batismo nas águas é necessário

Foi um dia incomum. Primeiro, um som do céu como de um vento impetuoso encheu a casa. Depois, línguas, como de fogo, pousaram sobre cada um dos homens dentro da casa. Aqueles mesmos homens, os apóstolos de Jesus, começaram a falar em línguas estrangeiras, em línguas que não conheciam.

A notícia dos acontecimentos que ocorreram começou a passar pela cidade de Jerusalém. Logo, a multidão se juntou para ver e ouvir o que estava acontecendo, mas estavam confusos. Esses homens estavam embriagados? Entre os judeus na multidão estavam aqueles que haviam vindo de muitos outros lugares para celebrar as festas religiosas em Jerusalém. Ficaram admirados que esses homens da Galiléia estavam falando em línguas que nunca haviam estudado.

Os doze ficaram de pé e falaram à multidão sobre o que estava acontecendo. Basicamente falaram, “Isso não é embriaguez. Isso é o que o profeta Joel profetizou. O Espírito Santo seria derramado e aqueles que o receberam profetizariam.” Os apóstolos continuaram a falar à multidão sobre Jesus.

Eles afirmaram a verdade sobre a ressurreição de Jesus observando profecias do Velho Testamento e dando suas testemunhas oculares. Jesus havia sido exaltado à destra de Deus e já estava reinando como Senhor no céu. Esses pregadores não eram politicamente corretos! Declararam claramente repetidas vezes que a nação judia havia matado o Filho de Deus!

A mensagem dos pregadores nesse dia tocou o coração dos ouvintes. Eles perguntaram, “O que devemos fazer?” Eles acreditaram que Jesus havia ressuscitado dos mortos e, por isso, era o Filho de Deus como ele havia alegado. Muitas pessoas hoje teriam dito a eles que não precisavam fazer nada; eles estavam salvos!

No entanto, o apóstolo Pedro não lhes disse que já estavam salvos, mesmo vendo claramente que eles acreditaram e estavam cientes do seu pecado de crucificar Jesus (sua pergunta aos apóstolos comprova isso). Ele disse que precisavam se arrepender e serem batizados em nome de Jesus Cristo para a remissão (perdão) dos pecados. Cerca de três mil pessoas fizeram exatamente isso – foram batizados e o Senhor os acrescentou à sua igreja.

Hoje, muitos pregadores dizem às pessoas que elas não precisam ser batizadas para serem salvas. Dizem que o batismo nas águas é apenas um ato simbólico que mostra que fomos salvos a partir do momento que tivemos fé. A Bíblia, por outro lado, diz que o batismo nos salva através da ressurreição de Jesus Cristo (1 Pedro 3:21). Como o batismo pode ser desnecessário para a salvação se é para “remissão dos pecados”? O apóstolo Paulo escreveu que fomos batizados em Cristo e que, ao fazer isso, nós “nos revestimos de Cristo” (Romanos 6:3; Gálatas 3:26-27).

Se você gostaria de ler a história desse dia incomum, o Dia de Pentecostes, encontrará o relato em Atos 2.

–por Allen Dvorak


ESTUDOS BÍBLICOS     PESQUISAR NO SITE     MENSAGENS EM ÁUDIO    
MENSAGENS EM VÍDEO   
ESTUDOS TEXTUAIS    ANDANDO NA VERDADE  
O QUE ESTÁ ESCRITO?
  
O QUE A BIBLIA DIZ?

O Que Esta Escrito?
 
©1994, ©1995, ©1996, ©1997, ©1998, ©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008, ©2009
 Redator: Dennis Allan, C.P. 60804, São Paulo, SP, 05786-970.

Andando na Verdade
©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008
Redator: Dennis Allan, C.P. 60804, São Paulo, SP, 05786-970

Estudos Bíblicos
estudosdabiblia.net
©2014 Karl Hennecke, USA