Share Button

Cristão ou “Moiseísta”?

A lei que Deus deu aos israelitas através de Moisés já existia havia 1.500 anos quando Cristo veio. Desde que Cristo viveu e morreu sob a dispensação mosaica, não ficamos surpresos ao ouvi-lo dizer: “Na cadeira de Moisés, se assentaram os escribas e fariseus. Fazei e guardai, pois, tudo quanto eles vos disserem...” (Mateus 23:2-3, etc.). Então Cristo advertiu contra os atos hipócritas destes mestres.

Queria Cristo dizer que hoje em dia deveríamos ser “moiseístas” em vez de cristãos? Não! Ele estava ensinando judeus, num tempo anterior à era cristã. Mais tarde ele enviou seus apóstolos a “todo o mundo” para pregar seu evangelho a “toda criatura” (Mateus 28:19; Marcos 16:15; Lucas 24:46). Contudo, muitas pessoas hoje em dia pensam que o cristianismo não é mais do que uns poucos princípios morais que, na realidade, Jesus citou da Lei de Moisés.

Por exemplo, muitos parecem pensar que “cristianismo” consiste em guardar os 10 Mandamentos. Estes mandamentos foram dados através de Moisés, e são registrados em Êxodo 20:1 e seguintes. O texto afirma que eles foram dados aos israelitas; e o Sabá do 7º dia está diretamente relacionado com a história judaica (Deuteronômio 5:15). Como pode a guarda dos 10 Mandamentos fazer cristãos?

O que Jesus tinha a dizer sobre matar, adultério, jurar, etc. é diferente do que Moisés disse. Dedique algum tempo a ler Mateus 5:21 e seguintes. “Mas eu vos digo” é uma expressão proeminente por toda parte. Jesus ensinava como “quem tem autoridade, e não como os escribas” (Mateus 7:28-29). Então, não se segue claramente que para ser um discípulo de Cristo temos que aceitar sua declaração dos assuntos, e não deixar nosso caso com Moisés? Não basta abstermo-nos de adultério. Temos que limpar nosso coração da concupiscência.

A muito conhecida “regra de ouro” era, de acordo com Cristo, a soma “da lei e dos profetas” (Mateus 7:12). Lemos “Ama teu próximo como a ti mesmo” na lei de Moisés (Levítico 19:18).

Não é minha intenção minimizar estas grandes verdades; e percebo que Cristo lhes deu novas dimensões; mas ele fez muito mais do que isto por nós. Cristo morreu por nós! Como nosso Rei e Sacerdote, ele reina do céu. Do céu ele enviou sua Nova Aliança, por meio dos inspirados apóstolos e profetas do Novo Testamento. E precisamos ouvir Cristo — não Moisés — se queremos ser cristãos (observe Mateus 17:1-5).

Cristo estabeleceu sua igreja, dando certos mandamentos pelos quais podemos tornar-nos seus seguidores (Mateus 16:18-19; Marcos 9:1; Atos 1:8, 2:1). Ele é salvador da igreja (Efésios 5:23), tendo dado a si mesmo por ela (Atos 2):28). Ele ordenou aos seus seguidores que participassem de uma ceia memorial, dizendo: “Fazei isto em memória de mim” (Veja Mateus 26:26 e segs.; 1 Coríntios 11:23 e segs.).

A igreja, o batismo, a ceia do Senhor, etc., não são de Moisés, nem de alguma sociedade de igreja de hoje em dia. Elas são coisas de Cristo, claramente. Como pode alguém ignorar estas coisas e ainda dizer-se um cristão?

Resumindo, temos durante muito tempo feito do cristianismo alguns chavões morais gerais, tão mosaicos como são de Cristo, e temos ignorado o desafio genuíno de seguir o Filho de Deus.

–por Robert Turner


ESTUDOS BÍBLICOS       PESQUISAR NO SITE       MENSAGENS EM ÁUDIO      MENSAGENS EM VÍDEO     

ESTUDOS TEXTUAIS      ANDANDO NA VERDADE     O QUE ESTÁ ESCRITO?      O QUE A BIBLIA DIZ?

 

O Que Esta Escrito?
 
©1994, ©1995, ©1996, ©1997, ©1998, ©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008, ©2009
 Redator: Dennis Allan, C.P. 60804, São Paulo, SP, 05786-970.

Andando na Verdade
©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008
Redator: Dennis Allan, C.P. 60804, São Paulo, SP, 05786-970

Todos os artigos no site usados com permissão dos seus autores e editoras, que retêm direitos autorais sobre seu próprio trabalho. / 
All of the articles on this site are used with permission of their authors and publishers, who retain rights of use and copyright control over their own work.

Estudos Bíblicos
estudosdabiblia.net
©1995-2015 Karl Hennecke, USA