Share Button

Vinde ao monte

Teria Isaías 2:2-3 profetizado o estabelecimento da igreja? Antes de responder, leia novamente, outra vez e mais outra. 

“... acontecerá que o monte da Casa do SENHOR será estabelecido...” O QUE será estabelecido? “... o monte da Casa do SENHOR...” O QUE?? “... o monte da Casa do SENHOR...” 

“... e para ele afluirão todos os povos”. A linguagem é muito clara. “Ele” se refere ao “monte”. QUAL monte? Ora, o monte “da Casa do SENHOR”. O povo de Deus (casa ou família) é considerado, mas a ênfase óbvia recai sobre o monte, para o qual estes povos afluirão.

Leia o próximo versículo: “Irão muitas nações, e dirão: Vinde, e subamos ao monte do SENHOR, e à casa do Deus de Jacó...” e alguém dirá: “Aí está, disse casa de Deus,” com o que eu concordaria. Mas é o monte que está para ser estabelecido. É o monte do SENHOR, o monte do povo ou da casa do SENHOR, para o qual todas as nações afluirão. Fazendo assim elas se tornam, e são associadas, com o povo de Deus, mas vêm ao monte.

Não é uma massa de povo chamada monte. A estrutura da sentença não permite esta interpretação e, além disso, observe os outros termos usados para identificar o assunto. “... para que nos ensine os seus caminhos, e andemos pelas suas veredas: porque de Sião sairá a lei e a palavra do SENHOR, de Jerusalém”.

Esta passagem diz que o monte de Deus será estabelecido em Jerusalém. Agora, esta passagem informa a respeito da igreja? Eu creio que sim! Mas a ênfase recai sobre o que faz da igreja o que é, e não sobre o povo como um partido. O monte é estabelecido “no cume dos montes” ou “sobre os outeiros”. A importância é considerada, e não a altitude. 

O monte de Deus está acima, superior a todos os outros montes. Isto é muito semelhante à profecia de Daniel (2:31-45) e a pedrinha que golpeou a imagem de ouro, prata, bronze, ferro e argila. Estes impérios mundiais (babilônio, persa, grego, romano) foram superados pela pedra, que se tornou um grande MONTE, representando o reino de Deus. Diferente do “domínio dos homens” o domínio de Deus “não será jamais destruído; este reino não passará a outro povo” (2:44).

O reino messiânico foi estabelecido, feito operante, em Jerusalém (Atos 2) e “todas as nações” começaram a afluir para ele. Para O QUE? Para o domínio soberano ou autoridade de Deus em Cristo. Se você puder ler Atos 2 sem preconceito, isto é exatamente o que se torna aparente. O derramamento do Espírito foi explicado (com Joel 2) como a sinalização do tempo da libertação pelo Messias; então Jesus de Nazaré foi citado como o aprovado pelas maravilhas e sinais divinos, agora cumprindo a profecia de Davi sendo ressuscitado para “sentar-se no seu trono” (Atos 2:22:35). Portanto... Esteja absolutamente certa, pois, toda a casa de Israel de que a este Jesus, que vós crucificastes, Deus o fez Senhor e Cristo” (Atos 2:36). 

A igreja, então como agora, consiste naqueles que “vêm ao monte”.

por Robert Turner 


ESTUDOS BÍBLICOS       PESQUISAR NO SITE       MENSAGENS EM ÁUDIO      MENSAGENS EM VÍDEO     

ESTUDOS TEXTUAIS      ANDANDO NA VERDADE     O QUE ESTÁ ESCRITO?      O QUE A BIBLIA DIZ?

 

O Que Esta Escrito?
 
©1994, ©1995, ©1996, ©1997, ©1998, ©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008, ©2009
 Redator: Dennis Allan, C.P. 60804, São Paulo, SP, 05786-970.

Andando na Verdade
©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008
Redator: Dennis Allan, C.P. 60804, São Paulo, SP, 05786-970

Todos os artigos no site usados com permissão dos seus autores e editoras, que retêm direitos autorais sobre seu próprio trabalho. / 
All of the articles on this site are used with permission of their authors and publishers, who retain rights of use and copyright control over their own work.

Estudos Bíblicos
estudosdabiblia.net
©1995-2015 Karl Hennecke, USA