Share Button

Não diluam a palavra de Deus!

Há algumas coisas na Bíblia que eu preferiria não precisar contar às pessoas. Estas são coisas que poderiam fazê-las “desanimar” com a religião; mas estão aí – nas Escrituras!

O amor de Deus não é um destes assuntos desagradáveis. Nem são a graça divina, a esperança e a paz espiritual. Quem não quereria ouvir que o seu Criador tem se esforçado muito, chegando até à encarnação e morte de seu próprio Filho, para possibilitar a sua salvação (João 3:16)? Quem oporia a promessa de vida eterna no céu depois de completar esta vida (1 Pedro 1:3-4)? A esperança de gozar da “paz de Deus, que excede todo o entendimento” geralmente não “amarga” as pessoas em relação a religião ou a Bíblia (Filipenses 4:7). As Escrituras falam de todas estas coisas.

As Escrituras também falam da realidade do pecado (Romanos 3:23) e descrevem as suas conseqüências (Romanos 6:23; Isaías 59:1-2; 1 Coríntios 6:9). A Bíblia não identifica atividades homossexuais e bebedices como “doenças”, mas as chama de pecado (Romanos 1:26-28; Gálatas 5:19-21). A palavra de Deus nos diz que haverá um julgamento (2 Coríntios 5:10; Mateus 25:31-46) e prediz que a maioria das pessoas não será salva no céu (Mateus 7:13-14, 21-23).

Seria muito mais fácil trazer as pessoas para Cristo se estes assuntos fossem simplesmente deixados de lado. Poderíamos ensinar as pessoas que Deus as ama e as quer felizes em qualquer que for a vida que escolherem. Poderíamos dizê-las que tudo o que ele pede de volta é uma visita ocasional à igreja de sua escolha e o evitar dos pecados “grandes”.

É isso que algumas pessoas fazem com o evangelho de Jesus Cristo. Põem bastante água, diluindo ou tirando qualquer ensinamento desagradável. Conceitos como o de pecado, julgamento e condenação são mostrados como a invenção de pessoas que rigidamente seguem a Bíblia e ensinam medo, que querem controlar o comportamento dos outros. Pregar sobre o mal do divórcio ilícito é colocado no “quartinho da teologia” onde não assustará aqueles que decidirem ignorar a lei de Deus a respeito do casamento.

O apóstolo Paulo se negou a diluir ou remover qualquer parte da Bíblia. Ele poderia se descrever como “limpo do sangue de todos” porque ele havia declarado todo o conselho de Deus (Atos 20:26-27).

Eu cresci com um chihuahua chamado Sparky. Quando ele havia feito algo de erradol, ele se escondia em baixo de um armário e fechava os seus olhos. Aparentemente ele achava que se ele não pudesse nos ver, nós não podíamos vê-lo. Eu lembro de parar na frente dele esperando que ele abrisse os olhos. Ele nunca ficava alegre, ao abrir os seus olhos, em ver que eu ainda estava na sua frente!

O dia do julgamento será uma surpresa desagradável para aqueles que foram enganados por um evangelho misturado com água. Podemos fechar os nossos olhos para a verdade agora, mas ainda veremos a mesma coisa no dia do julgamento. Infelizmente, naquele dia, será tarde demais para remediar a situação.  

por Allen Dvorak


ESTUDOS BÍBLICOS       PESQUISAR NO SITE       MENSAGENS EM ÁUDIO      MENSAGENS EM VÍDEO     

ESTUDOS TEXTUAIS      ANDANDO NA VERDADE     O QUE ESTÁ ESCRITO?      O QUE A BIBLIA DIZ?

 

O Que Esta Escrito?
 
©1994, ©1995, ©1996, ©1997, ©1998, ©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008, ©2009
 Redator: Dennis Allan, C.P. 60804, São Paulo, SP, 05786-970.

Andando na Verdade
©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008
Redator: Dennis Allan, C.P. 60804, São Paulo, SP, 05786-970

Todos os artigos no site usados com permissão dos seus autores e editoras, que retêm direitos autorais sobre seu próprio trabalho. / 
All of the articles on this site are used with permission of their authors and publishers, who retain rights of use and copyright control over their own work.

Estudos Bíblicos
estudosdabiblia.net
©1995-2015 Karl Hennecke, USA