Share Button

A superioridade de Cristo 

O livro de Hebreus argumenta que Cristo é superior em todas as coisas. Cristo como o nosso Grande Sumo Sacerdote é superior ao sacerdote que oficiava no sistema levítico. A aliança de Cristo é superior à Velha Aliança dada aos judeus no Sinai. Cristo é maior que Moisés e Arão. Estes argumentos têm o propósito de levar à conclusão de que a salvação que Cristo fornece (já que é predicado no seu próprio precioso sangue e não no de bois e bodes) é certamente grande (Hebreus 2:1-4). Se ignorarmos ou “neglegenciarmos” esta grande salvação, seria para a nossa própria ruína espiritual. Cristo também é superior aos anjos, que é o tema de Hebreus 1:4-14.

Os anjos são destacados no Velho Testamento. Geralmente pensamos em anjos como mensageiros de Deus; serviam para este propósito (Gênesis 19:1-22). Daniel fala de Miguel (Daniel 12:1-2). Os anjos têm um papel de destaque em muitas religiões do Oriente. Os pergaminhos do Mar Morto sugerem que os antigos especularam a respeito do papel dos anjos no serviço de Deus. Nos tempos do Novo Testamento, o louvor dos anjos evidentemente se tornou um problema, provavelmente em parte pelo gnosticismo (Colossenses 2:18). Os anjos têm (e tiveram) a ver com o ensinamento de Paulo em 1 Coríntios 11. Hoje, o movimento da Nova Era novamente deixou populares os anjos; são o foco de muitos livros e alguns filmes. Que lugar que os anjos ocupam em Hebreus?

Primeiro, Cristo é melhor que os anjos: "quanto herdou mais excelente nome do que eles" (1:4). A exaltação pela mão direita do Pai marca Cristo como maior que os anjos. Além disso, o seu nome é maior. Neste contexto, isso parece se referir, como cita o versículo, ao fato de Cristo ser identificado como o Filho (confere Filipenses 2:9-11, onde se usa Senhor). Enquanto esteve na terra Jesus era claramente o Filho (Hebreus 5:9), mas nesta posição exaltada de honra, Jesus é mostrado muito acima dos anjos; ele é classificado ou renomado acima dos anjos. O Pai jamais falou aos anjos: “Tu és meu Filho, eu hoje te gerei” (1:5). Esta é uma citação de Salmo 2:7, que fala do triunfo do Rei sobre seus inimigos. Paulo, em Atos 13:33, aplica a passagem de Salmos à ressurreição de Cristo dentre os mortos. Não só o nome de Cristo é acima do dos anjos, como também é a sua própria essência. A sua divindade foi demonstrada na sua ressurreição da sepultura (confira Romanos 1:4). Nenhum anjo poderia alegar isso.

Segundo, alguma vez o Pai disse a respeito de um anjo: “Eu lhe serei Pai, e ele me será Filho”? Não, mas ele disse isso sobre Cristo (1:5). Esta citação do Velho Testamento é de 2 Samuel 7:14. O rei Davi pediu permissão para construir uma casa apropriada para Jeová. Depois de negar a Davi, o Senhor disse que um dos descendentes de Davi se levantaria e que o seu reino seria estabelecido para sempre. Sim, o filho de Davi, Salomão, mais tarde construiria o templo em Jerusalém; Deus lhe seria pai. Mas o cumprimento final não poderia ser separado de Cristo, o Filho, que senta no trono de Davi (confira Atos 2:29-36). Poderiam os anjos fazer tal alegação de superioridade? Não, porém Cristo alega. Ele é digno? Devemos ouvi-lo? Os receptores originais do livro de Hebreus precisavam ser lembrados da superioridade de Cristo. Nós precisamos ser relembrados da mesma forma hoje também.

– por Randy Harshbarger


ESTUDOS BÍBLICOS       PESQUISAR NO SITE       MENSAGENS EM ÁUDIO      MENSAGENS EM VÍDEO     

ESTUDOS TEXTUAIS      ANDANDO NA VERDADE     O QUE ESTÁ ESCRITO?      O QUE A BIBLIA DIZ?

 

O Que Esta Escrito?
 
©1994, ©1995, ©1996, ©1997, ©1998, ©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008, ©2009
 Redator: Dennis Allan, C.P. 60804, São Paulo, SP, 05786-970.

Andando na Verdade
©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008
Redator: Dennis Allan, C.P. 60804, São Paulo, SP, 05786-970

Todos os artigos no site usados com permissão dos seus autores e editoras, que retêm direitos autorais sobre seu próprio trabalho. / 
All of the articles on this site are used with permission of their authors and publishers, who retain rights of use and copyright control over their own work.

Estudos Bíblicos
estudosdabiblia.net
©1995-2015 Karl Hennecke, USA