Share Button

Os desafios na vida do novo cristão (4)
Os perigos diante dos novos cristãos

Depois de se tornar cristão, o maior perigo que se enfrenta não é a morte acidental, a doença terminal, a falência, o casamento fracassado ou qualquer desgraça passageira. O maior perigo que um filho de Deus recém-nascido enfrenta é a perda de sua recompensa eterna (Lucas 8:13), carecendo "da glória de Deus" (Romanos 3:23), sendo privado do seu galardão por causa de enganadores (Colossenses 2:18), decaindo "da graça" (Gálatas 5:4), caindo (Hebreus 6:6), descaindo "da...própria firmeza" (2 Pedro 3:17) ou não sendo "fiel até à morte", não recebendo, portanto, "a coroa da vida" (Apocalipse 2:10).

Há muitas seduções, tentações, influências e enganadores no mundo. Mas você foi chamado para fora do mundo (1 João 2:15-16; João 15:19). Essas coisas do mundo sempre serão uma ameaça (perigo) para a sua fidelidade. Vejamos algumas dessas ameaças:

1. O humanismo secular. Esse é um tipo de religião. Sua filosofia nega a existência de Deus (ateísmo), a criação (evolução), a Bíblia como norma moral inspirada, Cristo como Deus, o homem como corpo e alma/espírito (somente carne sem nenhum futuro além).

Em nossos dias, essa filosofia vem saturando as escolas, a mídia e até muitas igrejas. O resultado tem sido a destruição dos lares, padrões morais corrompidos, o sexo livre, mães solteiras, o aborto, doenças sociais (incluindo-se a AIDS) e muito mais.

Dificilmente há uma família ou um indivíduo que não tenha sido prejudicado por essa filosofia condenável. Você terá de combater isso e guardar a sua fé com diligência.

2. Os cuidados do mundo. Na parábola do semeador, a semente que caiu entre os espinhos foi sufocada pelos "cuidados do mundo e a fascinação das riquezas" (Mateus 13:22). O desejo de riquezas, de popularidade e das concupiscências da carne faz que muitos naufragem na fé (1 Timóteo 1:19). O filho pródigo (Lucas 15), o homem rico em contraste com Lázaro (Lucas 16), e o rico insensato (Lucas 12) são exemplos bíblicos. Dê ouvidos a instrução de Deus que se acha em Mateus 6:19 sobre a importância de ajuntar tesouros no céu e não na terra, e preste atenção em 1 João 2:15, no que diz respeito a não amar ao mundo, nem as coisas do mundo. Quanto à avareza, ao orgulho e aos desejos da carne, a total abstinência é essencial.

3. A decepção com os irmãos. A nova criatura em Cristo naturalmente tem a expectativa de que os seus companheiros cristãos (irmãos) estejam andando em novidade de vida e na fé. Entretanto, há momentos e lugares em que isso não acontece. Embora passar a ser participante de Cristo nos purifique do pecado, não nos torna imunes quanto a cair de volta no pecado ou ser enganados.

Paulo censurou o fornicador de Corinto e a igreja por não condenar o pecado (1 Coríntios 5:1-7). Timóteo foi deixado em Éfeso para admoestar certas pessoas a não ensinarem "outra doutrina" (1 Timóteo 1:3). Paulo tinha receio porque os gálatas guardavam dias, tempos, meses e anos que não faziam parte do evangelho de Cristo (Gálatas 4:11). Também havia uma igreja com Diótrefes, que amava a "exercer a primazia" (3 João 9).

Quando você se vê diante de qualquer desvio da fé, busque cuidadosamente a verdade. Depois, em amor, procure ensinar e corrigir, sem ser influenciado pelas pessoas. Se os seus esforços não conseguirem gerar a conformidade com a verdade e com a paz, é possível que você tenha de mudar de lugar de adoração, mas nunca, nunca abandone sua fé e sua esperança.

4. A rejeição dos antigos amigos. Pode ser muito doloroso e decepcionante para você encontrar-se com antigos amigos, colegas e entes queridos que se opõem a você e se afastam porque você virou das trevas para a luz.

Jesus alertou os discípulos de que "todo aquele que pratica o mal aborrece a luz e não chega para luz, a fim de não serem argüidas as suas obras" (João 3:19-20). Ele também disse: "Bem-aventurados sois quando os homens vos odiarem e, quando vos expulsarem da sua companhia, vos injuriarem e rejeitarem o vosso nome como indigno, por causa do Filho do Homem. Regozijai-vos naquele dia e exultai, porque grande é o vosso galardão no céu" (Lucas 6:22-23).

"Portanto, meus amados irmãos, sede firmes, inabaláveis e sempre abundantes na obra do Senhor, sabendo que, no Senhor, o vosso trabalho não é vão" (1 Coríntios 15:58).

Herschel E. Patton


 

ESTUDOS BÍBLICOS       PESQUISAR NO SITE       MENSAGENS EM ÁUDIO      MENSAGENS EM VÍDEO     

ESTUDOS TEXTUAIS      ANDANDO NA VERDADE     O QUE ESTÁ ESCRITO?      O QUE A BIBLIA DIZ?

 

O Que Esta Escrito?
 
©1994, ©1995, ©1996, ©1997, ©1998, ©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008, ©2009
 Redator: Dennis Allan, C.P. 60804, São Paulo, SP, 05786-970.

Andando na Verdade
©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008
Redator: Dennis Allan, C.P. 60804, São Paulo, SP, 05786-970

Todos os artigos no site usados com permissão dos seus autores e editoras, que retêm direitos autorais sobre seu próprio trabalho. / 
All of the articles on this site are used with permission of their authors and publishers, who retain rights of use and copyright control over their own work.

Estudos Bíblicos
estudosdabiblia.net
©1995-2015 Karl Hennecke, USA