Share Button

Quero Ensinar Meus Filhos

"E vós, pais, não provoqueis vossos filhos à ira, mas criai_os na disciplina e na admoestação do Senhor"
(Efésios 6:4).

Segundo as instruções desse versículo, há algumas coisas que quero ensinar para meus filhos.

1. Quero ensinar meus filhos a mostrar reverência e respeito nas reuniões de louvor da igreja. Quando nos reunimos para adorar, estamos na presença de Deus para louvar a ele. Cornélio entendeu esse fato quando ele disse: "Agora, pois, estamos todos aqui, na presença de Deus, prontos para ouvir tudo o que te foi ordenado da parte do Senhor" (Atos 10:33). Muitas pessoas, sem dúvida, não têm refletido muito sobre esse assunto. Mulheres conversam, umas com as outras, no berçário. Jovens riem e falam durante o culto. Crianças vão ao banheiro, muitas vezes desnecessariamente. Homens e mulheres saudáveis, que podem mostrar todo vigor e interesse em outros eventos (esportivos, escolares ou sociais) chegam desanimados às reuniões, sentam-se no banco desinteressados, e dormem durante a pregação. Certamente essas pessoas não reconhecem que estamos presentes diante de Deus para adorá-lo. Quero ensinar meus filhos a reverenciar a Deus; que devem se sentar e ficar quietos durante o período de louvor; que devem baixar suas cabeças durante as orações; que devem participar dos cânticos; que não devem bagunçar, fazer barulho ou distrair outros durante o louvor.

2. Quero ensinar meus filhos a buscar em primeiro lugar o reino de Deus. Jesus disse: "Buscai, pois, em primeiro lugar, o seu reino e a sua justiça, e todas estas coisas (necessidades materiais--BH) vos serão acrescentadas" (Mateus 6:33). Quero que meus filhos entendam que o amadurecimento deles como cristãos fiéis é mais importante para mim do que qualquer outra coisa que possam fazer. Se eles forem craques em esportes, se tirarem as melhores notas na escola, se receberem diplomas de pós-graduação, se ganharem disputas de beleza, se viverem em luxúria todos os dias, mas não forem cristãos fiéis e conseqüentemente forem para o inferno após a morte, eu terei fracassado como pai.

Se meu filho quiser participar de esportes organizados, teremos que falar com o treinador antes de assumir qualquer compromisso, para explicar ao treinador que em qualquer conflito entre as atividades espirituais e as atividades esportivas, as atividades espirituais do meu filho têm que ser priorizadas. Depois, temos que ficar firmes nesse entendimento, apesar da pressão para ceder. O mesmo princípio tem que ser aplicado em atividades escolares e atividades sociais. Mais ainda, eu espero conduzir meus filhos a tomar tais decisões sozinhos. Muitos jovens se escondem atrás dos pais com uma resposta fácil: "A minha mãe não deixa...", ao invés de ficarem firmes nas suas próprias convicções, defendendo ousadamente o Senhor. Meu alvo não é de forçar os filhos a buscar o reino em primeiro lugar, mas o de convencê-los a querer buscar o reino em primeiro lugar para que possam agradar a Deus.

3.
Quero ensinar meus filhos a respeitar autoridade: autoridade dos pais (Efésios 6:1), autoridade do governo (Mateus 22:21) e, acima de tudo, autoridade divina (Atos 5:29). Sentimos pena da criança que não é ensinada a respeitar autoridade quando ainda está pequena. Ela se torna problema na aulinha bíblica, na escola e na comunidade. Mais tarde, ela se torna problema no serviço; arruma problemas com a polícia; e, finalmente, fica perdida eternamente, porque não respeitava a autoridade de Deus.

Há muitas outras coisas que eu quero ensinar aos meus filhos. O espaço limitado não permite a discussão de força de caráter, honestidade, justiça, comportamento bem-educado, etc. Quero ensinar todas essas coisas, também, aos meus filhos.

Que ninguém pense que este artigo é para me gabar das coisas que eu vou fazer; é uma declaração de alvos. Ninguém é mais ciente do que eu da possibilidade de fracassar. Mas eu e a minha esposa oramos freqüentemente, pedindo a ajuda de Deus para que possamos criar bem os nossos filhos. Pedimos que ele não deixe que nossos erros levem a conseqüências graves. No entanto, tentamos dar um bom exemplo aos nossos filhos; lhes ensinamos  pela palavra falada, sempre procurando seguir as instruções que Deus deu a Israel: "Estas palavras que, hoje, te ordeno estarão no teu coração; tu as inculcarás a teus filhos, e delas falarás assentado em tua casa, e andando pelo caminho, e ao deitar_te, e ao levantar_te" (Deuteronômio 6:6-7). Procuramos sempre fazer isso. E se, um dia, tivermos a felicidade de ver nossos filhos crescidos e fiéis ao Senhor, saberemos que será pela graça de Deus, e daremos glória a ele.

-por Bill Hall


ESTUDOS BÍBLICOS       PESQUISAR NO SITE       MENSAGENS EM ÁUDIO      MENSAGENS EM VÍDEO     

ESTUDOS TEXTUAIS      ANDANDO NA VERDADE     O QUE ESTÁ ESCRITO?      O QUE A BIBLIA DIZ?

 

O Que Esta Escrito?
 
©1994, ©1995, ©1996, ©1997, ©1998, ©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008, ©2009
 Redator: Dennis Allan, C.P. 60804, São Paulo, SP, 05786-970.

Andando na Verdade
©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008
Redator: Dennis Allan, C.P. 60804, São Paulo, SP, 05786-970

Todos os artigos no site usados com permissão dos seus autores e editoras, que retêm direitos autorais sobre seu próprio trabalho. / 
All of the articles on this site are used with permission of their authors and publishers, who retain rights of use and copyright control over their own work.

Estudos Bíblicos
estudosdabiblia.net
©1995-2015 Karl Hennecke, USA