Respeitar a mãe

Em Efésios 6:1-4, Paulo diz: "Filhos, obedecei a vossos pais no Senhor, pois isto é justo. Honra a teu pai e a tua mãe (que é o primeiro mandamento com promessa), para que te vá bem, e sejas de longa vida sobre a terra. E vós, pais, não provoqueis vossos filhos à ira, mas criai_os na disciplina e na admoestação do Senhor."

Nesses versículos, encontramos instruções dirigidas aos filhos e aos pais. A base desses mandamentos já foi dada em Efésios 5:21: "...sujeitando-vos, uns aos outros no temor de Cristo". Os filhos precisam se sujeitar aos pais, sendo obedientes a eles. Os pais, também, servem aos filhos, criando-os e corrigindo-os com amor.

Quando estudamos esses primeiros versículos de Efésios 6, é fácil esquecer de um versículo importante: "Honra a teu pai e a tua mãe (que é o primeiro mandamento com promessa)" (versículo 2). Muitos filhos respeitam o pai. Quando ele fala, eles ouvem. Os filhos baixam as cabeças para ouvir, com respeito e até vergonha, as palavras de correção que vêm do pai. Mas, quando a mãe corrige as atitudes dos filhos, são diferentes. Por quê, se o versículo diz honrar pai e mãe? Vamos pensar um pouco mais sobre esse segundo aspecto do mandamento.

Jesus sabia que a honra para pai e mãe fazia parte da lei do Velho Testamento, que ele citou em Mateus 19:19. Pelo fato que o mesmo mandamento foi incluído no Novo Testamento, podemos perceber a importância desse princípio. Desde a criação, Deus pretendia que os filhos honrassem ambos os pais. Há um exemplo de tal honra implícito na história de Noé. No meio a um mundo corrupto, Noé e sua mulher criaram três filhos. Esses três, junto com suas esposas, entraram na arca com Noé (Gênesis 5:32; 7:13). Mesmo se mais ninguém acreditava na mensagem pregada por Noé, os próprios filhos honraram os pais.

O livro de Provérbios contém muito conselho sobre a obediência e honra aos pais. Às vezes, os textos destacam a honra devida à mãe, que é nossa ênfase neste artigo. "Filho meu, ouve o ensino de teu pai e não deixes a instrução de tua mãe. Porque serão diadema de graça para a tua cabeça e colares, para o teu pescoço" (Provérbios 1:8-9).

As instruções que ouvimos da boca da mãe servem para nos guiar o resto da vida: "Filho meu, guarda o mandamento de teu pai e não deixes a instrução de tua mãe; ata_os perpetuamente ao teu coração, pendura_os ao pescoço. Quando caminhares, isso te guiará; quando te deitares, te guardará; quando acordares, falará contigo. Porque o mandamento é lâmpada, e a instrução, luz; e as repreensões da disciplina são o caminho da vida" (Provérbios 6:20-23).

O filho obediente traz alegria aos pais: "O filho sábio alegra a seu pai, mas o filho insensato é a tristeza de sua mãe" (Provérbios 10:1). Podemos ver essa verdade na vida de muitas famílias. Quando os filhos se mostram rebeldes e insensatos, as mães sofrem, talvez mais do que qualquer outra pessoa. Veja, também, Provérbios 15:20-22.

Na nossa sociedade, há uma grande e triste tendência de desprezar os velhos. Muitos filhos negligenciam as necessidades dos pais ou até os abandonam em lares da terceira idade ou outras instituições, porque não querem assumir a responsabilidade deles. Provérbios 23:22 diz: "Ouve a teu pai, que te gerou, e não desprezes a tua mãe, quando vier a envelhecer." Honra inclui a responsabilidade de fornecer as necessidades físicas dos pais (veja Mateus 15:4-6).

No Novo Testamento, encontramos duas mulheres que tiveram influência muito boa e importante na vida de um jovem. Timóteo, um evangelista bem respeitado, foi instruído desde a infância nas coisas de Deus (2 Timóteo 3:14-15). A avó dele (Lóide) e, depois dela, a mãe (Eunice) educaram Timóteo no caminho de Deus (2 Timóteo 1:5). Muitas mães têm feito a mesma coisa, guiando os filhos ao Senhor pela palavra e pelo exemplo de vidas retas e dedicadas no serviço de Deus. Uma mãe dessas merece todo respeito e honra dos filhos.

Vamos encerrar com as palavras sábias de Provérbios 23:15-10: "Filho meu, se o teu coração for sábio, alegrar_se_á também o meu; exultará o meu íntimo, quando os teus lábios falarem coisas retas. Não tenha o teu coração inveja dos pecadores; antes, no temor do S
ENHOR perseverarás todo dia. Porque deveras haverá bom futuro; não será frustrada a tua esperança. Ouve, filho meu, e sê sábio; guia retamente no caminho o teu coração. Não estejas entre os bebedores de vinho nem entre os comilões de carne."

-por João Batista dos Santos


ESTUDOS BÍBLICOS     PESQUISAR NO SITE     MENSAGENS EM ÁUDIO    
MENSAGENS EM VÍDEO   
ESTUDOS TEXTUAIS    ANDANDO NA VERDADE  
O QUE ESTÁ ESCRITO?
  
O QUE A BIBLIA DIZ?

O Que Esta Escrito?
 
©1994, ©1995, ©1996, ©1997, ©1998, ©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008, ©2009
 Redator: Dennis Allan, C.P. 60804, São Paulo, SP, 05786-970.

Andando na Verdade
©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008
Redator: Dennis Allan, C.P. 60804, São Paulo, SP, 05786-970

Estudos Bíblicos
estudosdabiblia.net
©2014 Karl Hennecke, USA