Share Button

O desencorajamento

Os corações de muitos irmãos lhes dizem que este é o pior dos tempos. A economia vai mal, a vida familiar está se acabando, a adoração é enfadonha, os pregadores dão sono, a televisão e o cinema são escandalosos, a sociedade é perversa e promíscua, e o governo não quer saber de nada a não ser impostos e desperdício. A vida, o coração diz, está francamente desencorajadora.

O rei Davi enfrentou tempos semelhantes. Seu coração estava inquieto e ele reclamou e gemeu por auxílio de Deus. Ele podia ouvir a voz dos seus inimigos, sentir a opressão dos ímpios, e ver tempestades de perseguição rodopiando em volta dele. E, como muitos de hoje, ele ansiava pelas asas de uma pomba para que pudesse "fugir para longe e ter descanso" (Salmo 55:6).

Elias também teve seu momento. Logo depois de ganhar a disputa contra os profetas de Baal, no Monte Carmelo, ele foi ameaçado por Jezabel e fugiu para Berseba e, depois, para o deserto. Sentindo-se abandonado, o profeta sentou-se sob um zimbro lamentando e lastimando a vida: "Basta, toma agora, ó Senhor, a minha alma, pois não sou melhor do que meus pais" (1 Reis 19:4).

Desencorajamento é a perda do ânimo. Colossenses 3:21 fala sobre o desânimo, usando uma palavra grega que significa "sem paixão". 1 Tessalonicenses 5:14 usa uma palavra que significa "de alma pequena" para identificar pessoas que precisam ser consoladas. Estar desencorajado é estar desanimado, de ânimo abatido, e perder o prazer de viver. E, não importa quão vivaz, animada e corajosa uma pessoa seja, ela terá esses momentos quando seu ânimo diminui.


1. Pense positivamente. Pensamentos negativos são o começo do desencorajamento. Cada homem domina seus próprios pensamentos. O coração de Davi estava dominado pelas ameaças de seus inimigos e pelos atos dos perversos. Contando suas bênçãos, nomeando-as uma a uma; pensando nos seus amigos, sobre homens justos; meditando sobre as boas coisas da vida; esses pensamentos teriam levantado seu ânimo e apressado seus passos.

2. Olhe para outros. Quando um homem tem vistas curtas, ele perde muito da vida que é valioso e que anima. Elias ficou desânimado no momento em que se concentrou em si mesmo. Se tivesse colocado óculos para longe o profeta teria visto, conforme Jeová lhe informou, que 7.000 não tinham dobrado os joelhos diante de Baal. Saber que outros estão firmes com Jeová e sofrem, também, restaura o amor à vida (veja Mateus 5:12).

3. Adote metas dignas. Quando o apóstolo Paulo dirigiu seu coração a Roma e à defesa do evangelho, nada pôde dissuadi-lo: nem inimigos que pregavam o evangelho por inveja para aumentar a aflição contra ele (Filipenses 1:17-18); nem os melhores evangelistas e amigos que o abandonaram (2 Timóteo 4:9-10,16).

Paulo estava determinado a não saber nada a não ser Jesus Cristo crucificado (1 Coríntios 2:2). Tudo o que ele precisou foi que o Senhor o defendesse para lhe dar força e ousadia (2 Timóteo 4:17-18; Efésios 6:18-19). Aprisionado por inimigos, abandonado e hostilizado pelos irmãos, ele se elevou acima das preocupações terrestres e escreveu o maior tratado jamais escrito sobre a alegria e a paz que ultrapassa todo entendimento (Filipenses). A vida é boa, ele disse. E, conforme ele observa especialmente, os discípulos deviam deixar de se queixar, começar a alegrar-se e aprender o contentamento (Filipenses 2:14; 4:4-7,10-12). A vida é sempre boa quando se propõe no coração cumprir todas as metas dignas.


4. Endireite-se. A melancolia finalmente se abate sobre quem está insatisfeito com seu progresso espíritual. Adoração desanimada, falta de estudo diário da Bíblia e de oração, negligência da família, falta de cuidado com os irmãos doentes, compromisso com associados mundanos, e uma quantidade de fracassos espirituais afligem os cristãos com culpa. E essa culpa freqüentemente se traduz em sentimentos sem vida, apáticos, de desalento. Até que as Escrituras inspiradas ocupem nossa mente e corrijam (literalmente "endireitem") nossa vida, o desencorajamento permanecerá (veja 2 Timóteo 3:16).

5. Busque o céu. O desencorajamento é uma doença do coração --uma que é dominada por pensamentos negativos, egoísmo, falta de direção e culpa. Quando o céu é a esperança de um homem e a vontade do céu sua busca, ele, como Paulo, prossegue "para o alvo, para o prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus" e as preocupações terrestres não podem roubar de seu coração sua paixão pela vida (Filipenses 3:14).

- por L. A. Stauffer


ESTUDOS BÍBLICOS       PESQUISAR NO SITE       MENSAGENS EM ÁUDIO      MENSAGENS EM VÍDEO     

ESTUDOS TEXTUAIS      ANDANDO NA VERDADE     O QUE ESTÁ ESCRITO?      O QUE A BIBLIA DIZ?

 

O Que Esta Escrito?
 
©1994, ©1995, ©1996, ©1997, ©1998, ©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008, ©2009
 Redator: Dennis Allan, C.P. 60804, São Paulo, SP, 05786-970.

Andando na Verdade
©1999, ©2000, ©2001, ©2002, ©2003, ©2004, ©2005, ©2006, ©2007, ©2008
Redator: Dennis Allan, C.P. 60804, São Paulo, SP, 05786-970

Todos os artigos no site usados com permissão dos seus autores e editoras, que retêm direitos autorais sobre seu próprio trabalho. / 
All of the articles on this site are used with permission of their authors and publishers, who retain rights of use and copyright control over their own work.

Estudos Bíblicos
estudosdabiblia.net
©1995-2015 Karl Hennecke, USA